19.7 C
Serra
segunda-feira, 13 de julho de 2020

Água da Cesan na região da Serra Sede está boa para consumo, diz Prefeitura

Leia também

Pré-candidato do prefeito, Fábio Duarte tem a missão de ampliar a base de apoio na Câmara

Com a missão de defender o legado do prefeito Audifax Barcelos (Rede), o vereador Fabio Duarte (Rede) passou a...

Com 62.873 casos, Espírito Santo ultrapassa 2 mil mortes causadas pelo coronavírus

O domingo terminou com uma triste informação divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). De acordo com os...

Serra ultrapassa 9 mil casos confirmados e já possui 358 mortes causadas pela Covid-19

Seguindo na vice-liderança de casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste marca de...
Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal, principalmente Economia e Meio Ambiente, das quais é o responsável.

No início de outubro moradores da região da Serra Sede relataram que a água estava salobra, com cor e cheiro estranhos. Foto: Arquivo TN/Edson Reis

Está boa para consumo a água que a Cesan capta no rio Reis Magos, trata e distribui na Serra Sede. A afirmação é da Prefeitura da Serra, que coletou amostras do líquido fornecido a população e fez análise em laboratório. A coleta aconteceu em dois dias da 1ª semana de outubro, quando moradores reclamavam de gosto de sal, cheiro de produtos químicos semelhantes ora a cloro, ora a amônia, além da cor estranha da água que chegava as torneiras.

Na ocasião houveram relatos de pessoas que se sentiram mal e muitos moradores passaram a comprar água envasada (mineral) no mercado para o uso mais nobre, que é beber e preparar alimentos. Moradores ouvidos pela reportagem na última quinta -feira (17) disseram que o problema foi amenizado após o caso ganhar repercussão, mas a água ainda não estava normal.

O resultado da análise feita pela Prefeitura através do programa Vigiágua, foi divulgado às da 18h da última sexta –feira (18). Em nota, a assessoria de imprensa da Secretaria Municipal de Saúde (Sesa) afirma que  “foram coletadas amostras no dia 2 de outubro nos bairros Campinho da Serra II, Planalto Serrano Bloco A e Bloco C e Vista da Serra II; e no dia 7 de outubro nos bairros São Domingos, Residencial Centro da Serra, Jardim Bela Vista, Jardim da Serra e Caçaroca”.

Informa a mesma nota, que “as amostras apresentaram resultados dentro dos padrões de potabilidade da água previstos na Portaria de Consolidação nº. 05/2017. A Cesan é acionada somente quando os laudos das amostras apresentam resultados fora dos padrões de potabilidade”.

Sistema de abastecimento é novo

Desde o final de 2017, a região da Serra Sede é atendida pelo rio Reis Magos. Por decisão do governo Paulo Hartung, durante a superseca que castigou o ES entre 2014 e 2016, foi antecipada a construção de sistema de captação, tratamento e distribuição do líquido em Putiri, região rural entre Serra e Fundão (a construção estava prevista somente para 2020). O sistema produz  500 litros de água por segundo, custou R$ 70 milhões e atende cerca de 150 mil pessoas na cidade.

Em julho de 2016, ainda quando as obras estavam em fase inicial, proprietários rurais da região onde foi feita a captação alertaram para problema de salinização do rio Reis Magos. Segundo eles, isso acontece por conta da combinação estiagem, que reduz a força do rio, e marés altas, que faz a água do mar subir de Nova Almeida, onde está a foz do Reis Magos, quilômetros rio acima. Tempo Novo esteve na região na época e constatou que o rio estava com águas salobras.

Com a seca voltando a assolar o ES neste 2º semestre de 2019, a vazão do Reis Magos caiu. O rio ainda sofre com poluição por esgoto – parte sem tratamento – vindo das sedes dos municípios de Santa Teresa e Fundão, além de ter uma fábrica de ração em suas margens na localidade de Timbuí.

Tempo Novo tem tentando, junto a assessoria de imprensa da Cesan, uma explicação sobre os problemas com a água que chega às torneiras relatados pelos moradores da região da Serra Sede.  Mas até agora a empresa não retornou.

Comentários

Mais notícias

Com 62.873 casos, Espírito Santo ultrapassa 2 mil mortes causadas pelo coronavírus

O domingo terminou com uma triste informação divulgada pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa). De acordo com os últimos dados, o Espírito Santo...

Serra ultrapassa 9 mil casos confirmados e já possui 358 mortes causadas pela Covid-19

Seguindo na vice-liderança de casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste marca de nove mil moradores infectados e...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!