20.8 C
Serra
quarta-feira, 15 de julho de 2020

Subida a 700 metros de altitude rumo ao Morro do Céu, no Mestre Álvaro

Leia também

Contarato denuncia Bolsonaro na ONU por descaso na proteção de povos indígenas

O senador capixaba Fabiano Contarato (Rede) enviou um ofício ao Alto Comissariado de Direitos Humanos da ONU (Organização das...

Em 24 horas, mais quatro moradores da Serra morrem por coronavírus e cidade já possui 365 mortes

Após alguns dias com baixa nos números de mortes causadas pela Covid-19, a Serra voltou a registrar um aumento...

Show de mágicas para a criançada no domingo pela internet

O orojeto Diversão em Cena ArcelorMittal Online vai levar a magia para toda a família, com os números do...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

A subida é repleta de obstáculo e com mata fechada. Foto: Guardiões do Mestre

Que tal curtir uma aventura nas alturas e em meio a natureza? No próximo dia 15 (sábado), vai ter subida para ver o por do sol do Mirante Morro do Céu que faz parte da cadeia montanhas que formam o imponente Mestre Álvaro.

Para chegar ao Morro do Céu é necessário subir a 700 metros de altitude. O Mestre Álvaro em seu cume chega a 833 metros de altitude.

Á frente da iniciativa estão os ativistas da ong Guardiões do Mestre Álvaro e o valor pra participar é R$ 20. O dinheiro arrecadado é usada em palestras que os ativistas realizam gratuitamente em escolas da Serra.

Durante o evento serão sorteados três mochilas de 10 litros, 3 canecas esmaltadas e 1 caneca de porcelana alusiva aos Guardiões do Mestre.

O ponto de encontro será na Igreja católica da Serra Sede, às 12h. A caminhada tem duração de quatro horas até o topo de Mirante com um trajeto repleto de obstáculos naturais e inclinados e de mata fechada; a média é de 11 quilômetros total de caminhada contando com ida e volta. O local possui água, mas não é mineral.

A caminhada é acompanhada por guias experientes e não inclui  transporte e nem alimentação e hidratação. “Pedimos para as pessoas levaram seus pertences em uma mochila para ter melhor mobilidade. Usar bota de trekking ou tênis usado, levar três litros de água para hidratação, repelente, alimentação, protetor solar e lanterna”, destaca Junior Nass.

Entre os perigos da aventura estão torção por movimento inadequado ao caminhar ou queda em obstáculos, pequenas lesões e escoriações que podem acontecer também e picada de insetos.

As vagas são limitadas: 30. Informações Junior Nass ☎ 27 99631-2337.

💵 Conta para depósito

Caixa Econômica Federal

Conta poupança: 10992-0

Ag: 1208

Op: 013

Nome: Ricardo Monteiro

💵Conta para depósito

Banco Sicoob

Ag: 3007

C/c: 97187-1

CNPJ: 32.349.434/0001-98

Ricardo Monteiro

Picpay: @ricks.tur

Comentários

Mais notícias

Em 24 horas, mais quatro moradores da Serra morrem por coronavírus e cidade já possui 365 mortes

Após alguns dias com baixa nos números de mortes causadas pela Covid-19, a Serra voltou a registrar um aumento na quantidade de óbitos diários....

Show de mágicas para a criançada no domingo pela internet

O orojeto Diversão em Cena ArcelorMittal Online vai levar a magia para toda a família, com os números do espetáculo “Mágica em Casa”. A...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!