26.1 C
Serra
sexta-feira, 15 de novembro de 2019

Você sabe porque a vacina da raiva do seu peludo é tão importante?

Leia também

Óleo já está em Nova Almeida e Jacaraípe e ameaça também água de serranos

Aconteceu. O petróleo que contamina há mais de dois meses a costa do Nordeste chegou às praias da Serra....

Você adoça seu cafezinho?

Considerando que você utilize um sachê tradicional de 5 gramas por xícara e por dia consuma 3 xícaras de...

Barro na água faz Cesan interromper abastecimento na Serra

Os moradores da Serra, Fundão e Viana  vão ficar sem água nesta sexta-feira (15). Isto porque tem muito barro...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

A vacina de raiva pode ser aplicada em clínica veterinária ou na Vigilância Ambiental em Saúde.  Foto: Agência Brasil

Muitas pessoas já ouviram falar de uma doença chamada raiva e não fazem ideia do quão perigosa é. E não se engane; ela não está extinta, sendo mais comum que se imagina nas regiões rurais em bovinos e equinos. A raiva é uma encefalite aguda viral que é  transmitida através de mordidas de animais doentes e ou portadores, e  se caracteriza por um quadro neurológico fatal. É  uma doença zoonótica, ou seja, é transmitida pelo animal para o ser humano, e potencialmente fatal para as pessoas. Apenas quatro pessoas infectadas pelo vírus sobreviveram no mundo todo e todas com sequelas neurológicas graves e nenhum animal conseguiu sobreviver a infecção.

Ela pode ser transmitida para cães e gatos sem vacina ou com a vacina atrasada através de brigas com animais infectados,  pelo morcego hematófago que é o portador, reservatório e transmissor do vírus, e por animais silvestres como guaxinis e gambás.  Os sintomas da raiva em animais  incluem febre,  salivação excessiva, espasmos musculares, paralisia e confusão mental. O animal tem alterações de comportamento com agressividade excessiva.

A única forma de prevenção desta doença extremamente perigosa para os mamíferos é através da vacinação anual. Fique atento a carteirinha de vacinação do seu peludo para evitar que ele fique doente e transmita essa terrível doença a você e a seus familiares e amigos.

A vacina pode ser aplicada em clínicas particulares e também pela Prefeitura da Serra, de forma gratuita, na Vigilância Ambiental em Saúde, informações pelo telefone 3281-9288 no Controle Animal.

Por Patricia Ribeiro de Oliveira, médica veterinária da Climev Laranjeiras.

Comentários

Mais notícias

Você adoça seu cafezinho?

Considerando que você utilize um sachê tradicional de 5 gramas por xícara e por dia consuma 3 xícaras de café, seu consumo diário de...

Barro na água faz Cesan interromper abastecimento na Serra

Os moradores da Serra, Fundão e Viana  vão ficar sem água nesta sexta-feira (15). Isto porque tem muito barro na água  e a alta...

Chuva alaga Vale e eleva risco de vazamento de rejeitos em Tubarão

Localizada na divisa entre Serra e Vitória, a planta industrial de Tubarão da Vale também não escapou dos alagamentos que atingem o ES por...

Fortes chuvas deixam 72 pessoas desalojadas no ES

Apesar de não ter causado grandes estragos na Serra, as fortes chuvas que estão caindo no Espírito Santo desde a madrugada da última quarta-feira...

Você também pode ler

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!