• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.690 casos
  • 967 mortes
  • 48.401 curados
25 C
Serra
terça-feira, 13 abril - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.690 casos
  • 967 mortes
  • 48.401 curados

Vidigal quer implantar castração móvel e aumentar oferta do serviço gratuito em clínicas

Leia também

CPI dos Maus-Tratos irá ouvir homem suspeito de golpear cadela com facão na Serra

O homem suspeito de dar golpes de facão na cabeça de uma cadela na Serra será ouvido pela CPI...

Em apenas 24 horas, Serra perde mais 11 moradores para o coronavírus e atinge 967 óbitos

Um dado estarrecedor do pico da pandemia causada pelo coronavírus – em maio de 2020– voltou a assombrar os...

Serra começa a vacinar policiais e guardas municipais contra o coronavírus nesta quarta

A Prefeitura da Serra, através da Secretaria de Saúde da Serra (Sesa), iniciará a vacinação dos trabalhadores da força...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

O prefeito eleito disse que quer trazer o castramóvel e seguir com castração em clínicas particulares. Foto: Ana Paula Bonelli / Jornal Tempo Novo

O TEMPO NOVO entrevistou o prefeito eleito da Serra, Sérgio Vidigal (PDT). Durante a conversa, que durou aproximadamente 45 minutos, ele apresentou suas ideias e projetos para os próximos quatro anos da Prefeitura da Serra. A reportagem decidiu fatiar a entrevista em várias matérias para facilitar a visualização do conteúdo ao leitor. Nesta, trataremos sobre o bem estar animal e castração de cães e gatos.

Vidigal lembrou que em 2012, quando ainda era prefeito da cidade, implantou no Centro de Controle de Zoonozes (hoje Vigilância Ambiental em Saúde), o Centro Cirúrgico para Controle de Natalidade Animal que na ocasião, realizava entre 80 a 100 cirurgias/mês.

“Fizemos até um Centro Cirúrgico no Centro de Controle de Zoonozes, mas qual era a estratégia da época? Era fazer o que Vitória fez, fazer o credenciamento de clínicas particulares, e a Prefeitura criar um quantitativo para atender essa demanda de castração de animal de pequeno porte, já que a nossa estrutura não tem condição de atender a demanda que a cidade tem”, destacou.

O prefeito eleito disse ainda que a pandemia vai ampliar muito mais o número de animais de pequeno porte na rua, assim como também o número de população em situação de rua de uma forma geral. Ele disse que sua proposta é implantar o castramóvel, assim como continuar com a proposta de castração em clínicas particulares.

Segundo estimativas, a Serra possui cerca de 75 mil animais, destes estima-se que 20% estão em situação de rua, o que dá cerca de 15 mil animais sem dono vagando pelas ruas da cidade, sofrendo todo o tipo de maus-tratos e abandono.

“A proposta do credenciamento de clinicas particulares continua. A outra é que eu coloquei emendas para que a Prefeitura pudesse também ter unidade móvel. Eu creio que nós não podemos descartar o credenciamento com as clinicas particulares, que ao mesmo tempo você fortalece a economia local e também reduz uma demanda que é muito grande de atendimento aos animais de pequeno porte”.

Vale lembrar que a Serra iniciou no último dia 21 de outubro a castração de animais de pequeno porte, cães e gatos. As cirurgias são realizadas atualmente em clínicas particulares que fizeram cadastro via chamamento público.

Três clínicas fazem as castrações com capacidade de castrar 100 animai por semana, segundo a Prefeitura da Serra.

De acordo com estimativas, a Serra possui cerca de 75 mil animais, destes estima-se que 20% estão em situação de rua, o que dá cerca de 15 mil animais sem dono vagando pelas ruas da cidade, sofrendo todo o tipo de maus-tratos e abandono.

Cadastro de castração

Se você é morador da Serra, as inscrições para castração gratuita de cães e gatos ainda estão sendo realizadas.

Para se inscrever, o responsável pelo animal, que tem que ser obrigatoriamente morador da Serra, deve fazer o cadastro por meio do portal: http://gti.serra.es.gov.br/vas/ e também pelos telefones: (27) 3281-7721 / (27) 3338-9907, informando os dados pessoais e dos animais que estão sob sua guarda como, por exemplo, espécie, raça, sexo, idade, porte, peso, cor e nome.

Após o cadastro e a triagem feitas pela Secretaria de Saúde da Serra, será agendado com o tutor ou responsável pelo animal o dia para receber orientações sobre posse responsável e sobre o procedimento cirúrgico, e apresentar a documentação necessária.

Para participar, o tutor dos animais deve ser obrigatoriamente maior de 18 anos. Também serão priorizadas, conforme edital publicado pela prefeitura, famílias de baixa renda, comprovadas no Número de Inscrição Social (NIS), e residentes em áreas com maior número de notificação de casos de agressão animal, zoonoses e densidade populacional de animais. Além disso, os animais devem possuir idade mínima de sete meses e máxima de oito anos.

Confira trecho da entrevista:

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!