• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 57.848 casos
  • 1.210 mortes
  • 55.783 curados
25.2 C
Serra
quinta-feira, 13 maio - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 57.848 casos
  • 1.210 mortes
  • 55.783 curados

Vidigal pede que população se vacine contra gripe para doença não ser confundida com Covid

Leia também

Efeitos da vacina? Jacaré tenta curtir uma praia, mas causa alvoroço em balneário da Serra

Procurada por quem gosta de belezas naturais e bastante tranquilidade, a Praia de Carapebus teve uma manhã agitada por...

Vereadora quer corrigir passado escravagista da Serra e indenizar descendentes de escravos

O grosso da população pode não saber, mas a Serra tem um passado escravagista. Não é atoa que em...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Nas redes sociais, o prefeito da Serra fez apelo para que população não deixe de se vacinar contra influenza (gripe). Foto: divulgação.

A campanha de vacinação contra influenza (gripe) começou nesta terça-feira (13). No primeiro momento serão vacinados apenas as crianças de 6 meses a menores de 6 anos (5 anos, 11 meses e 29 dias), as gestantes e puérperas. As vagas já se esgotaram, no entanto a Prefeitura da Serra garante que ainda durante essa semana serão abertas mais vagas para o agendamento on-line.

A Serra recebeu 17.410 doses do Governo do Estado, que corresponde a aproximadamente 10% da população-alvo, que está determinada pelo Ministério da Saúde. Nas redes sociais o prefeito da Serra, Sérgio Vidigal, que também é medico fez um apelo para que a população inclusa nos critérios der vacinação se imunizem. Ele confirmou que a campanha vai continuar essa semana com novas doses sendo aplicadas.

“A campanha de vacinação contra a influenza (gripe) começou nesta terça-feira na Serra. A vacina é extremamente importante para evitar a contaminação com outro vírus, que também é perigoso para a saúde. Vale lembrar que ela não previne a Covid-19, mas dificulta o desenvolvimento de duas doenças juntas, além de facilitar o diagnóstico da Covid-19, que possui sintomas semelhantes ao da gripe”, disse o prefeito da Serra.

Uma infecção viral comum que pode ser fatal, especialmente em grupos de alto risco. A influenza é uma gripe que ataca os pulmões, o nariz e a garganta. Crianças pequenas, idosos, gestantes e pessoas com doenças crônicas ou imunidade baixa correm alto risco. Os sintomas incluem febre, calafrios, dores musculares, tosse, congestão, coriza, dores de cabeça e fadiga, todos os sintomas também característicos da Covid-19.

Além disso, a propagação da doença é muito semelhante ao novo coronavírus. Ocorre por meio de gotículas respiratórias no ar (tosse ou espirro); por toque em uma superfície contaminada (cobertor ou maçaneta, por exemplo); por saliva (beijos ou bebidas compartilhadas); e por contato com a pele (apertos de mão ou abraços). Por isso, o distanciamento social, o uso de máscara e a higienização também são importantes na prevenção da influenza. Até agosto do ano passado na Serra, duas pessoas tinham morrido em decorrência da influenza.

A gripe é tratada principalmente com repouso e ingestão de líquidos para permitir que o corpo combata a infecção por conta própria. Analgésicos anti-inflamatórios vendidos sem prescrição médica podem ajudar com os sintomas. E a vacina anual pode ajudar a prevenir a gripe e limitar suas complicações, por isso a importância da imunização. Vale lembrar que aqueles que já tomaram a vacina contra Covid, só podem tomar a da influenza 15 dias depois.

Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!