[secondary_title]

Vidigal pede autorização para pegar R$ 300 milhões em empréstimos e fazer obras

- PUBLICIDADE-
De acordo com o prefeito Sergio Vidigal, o empréstimo não vai comprometer as contas públicas a Prefeitura. foto: divulgação

Está nas mãos dos vereadores da Serra o pedido de autorização do prefeito Sérgio Vidigal para contrair até R$ 300 milhões em empréstimos visando à execução de obras no município. O Projeto de Lei de número 53/2022 foi protocolado no último dia 25 de fevereiro e se encontra na Procuradoria da Câmara para receber um parecer jurídico.

No escopo do texto, o prefeito detalha que a operação de crédito será junto a Caixa Econômica Federal e os R$ 300 milhões serão divididos no limite do que determina o banco, que são pagamentos de R$ 100 milhões por ano durante os próximos três anos de mandato (2022, 2023 e 2024).

A operação de crédito ocorrerá por meio do FINISA, que é um programa de Financiamento à Infraestrutura e ao Saneamento voltado ao Setor Público com processos de contratação e prestação de contas considerados ágeis e simplificados. Vale ressaltar que o documento é apenas um pedido de autorização legislativa, e não o empréstimo em si, que será feito junto a Caixa.

Esta autorização é um pedido que precede a operação de crédito, não podendo o prefeito seguir adiante em caso de recusa dos vereadores, incorrendo no risco de cometer improbidade administrativa.

O prefeito sustenta que a operação de crédito está dentro dos limites da capacidade de endividamento e de pagamento anual do município, considerando o valor da receita corrente líquida, descontados os valores dos compromissos financeiros informados no cadastro de dívida pública para o ano.

Além disso, Vidigal argumenta no projeto que os recursos a serem contratados terão por finalidade contribuir para a melhoria da qualidade de vida da população da Serra por meio de investimentos em infraestrutura urbana, mobilidade, entre outros.

Para garantir a tomada de crédito, a Prefeitura ajustou o projeto ao modelo disponibilizado pela Secretaria do Tesouro Nacional (STN) que estabelece como forma de garantia as cotas de repartição de recursos constitucional da Prefeitura, como o Imposto de Circulação de Mercadorias – ICMS e/ou Fundo de Participação dos Municípios – FPM. Ou seja, em caso de hipotético não pagamento, a Caixa fica autorizada a debitar as parcelas do empréstimo direto da cota de repasses da União e do Estado com a cidade.

Vidigal ainda salienta que não cabe emenda parlamentar alterando a finalidade da operação de crédito a ser contratada pela Prefeitura, pois diz respeito à gestão das finanças públicas cuja disciplina é de iniciativa reservada ao Chefe do Poder Executivo Municipal, ou seja, do prefeito Sergio Vidigal.

Festivais e Eventos de Taubaté: Uma Celebração o Ano Todo

Taubaté, uma cidade encravada no coração do Vale do Paraíba, São Paulo, é conhecida não apenas por sua rica história e patrimônio cultural, mas...

Os 40 anos do Tempo Novo e a decisão de lançar um livro sobre a história da Serra

Embora eu, como colunista, possua maior liberdade linguística e editorial para produzir conteúdo, ainda assim, não sou adepto da linguagem em primeira pessoa, a...

Democracia, cultura e história dão show no lançamento do livro sobre a história da Serra

Na noite dessa quarta-feira (22), o espaço de eventos do Hotel Serra Grande foi palco de um evento que agitou o setor cultural e...

Curso gratuito para o Enem, com direito a lanche e vale-transporte, na Serra

Terminam nesta sexta-feira (23), as inscrições do curso preparatório para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem 2024), criado pela Estação Conhecimento Serra com...

Cantora Roberta Campos apresenta show inédito em Vitória

“Cinco Partes de Mim” é o novo projeto de Roberta Campos. O show passeia pelas maiores influências de Roberta em sua fase de formação...

Encontro de empresários na Serra terá como tema as perspectivas econômicas para o ES

A Associação dos Empresários da Serra (Ases) realizará no dia 13 de março o primeiro Café com Negócios (Caneg) de 2024. O evento contará...

Vereador quer cemitério vertical na Serra

Com uma população com mais de 500 mil habitantes, a Serra pode passar a contar com um cemitério vertical. Se depender do vereador Professor...

Hospital Materno Infantil inaugura primeiro banco de leite da Serra

A Serra inaugurou nesta quinta-feira (22) o primeiro Banco de Leite Humano (BLH) mantido com recursos municipais no Espírito Santo e o primeiro do...

Câmara de Vereadores analisa criação do “pipódromo” na Serra

A Serra poderá contar em breve com um pipódromo, um espaço físico destinado à prática de atividade esportiva, artística e de lazer, que é...