• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 57.848 casos
  • 1.210 mortes
  • 55.783 curados
23.3 C
Serra
quarta-feira, 12 maio - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 57.848 casos
  • 1.210 mortes
  • 55.783 curados

Vice de Fábio admite ‘caos’ na saúde e diz que pessoas são pagas para superlotar UPA’s

Leia também

Em 24h, Serra perde mais 9 moradores para o coronavírus e registra 322 novos infectados

A Serra atingiu, no final da tarde desta quarta-feira (12), a triste marca de 1.210 moradores que morreram por...

Prefeitura da Serra abre 3.500 vagas para vacinação contra gripe nesta quarta

A Prefeitura da Serra, através da Secretaria Municipal de Saúde (Sesa), vai abrir 3.500 novas vagas de vacinação contra...

Parceria entre Prefeitura e Sebrae quer capacitar lideranças e contribuir para o turismo da Serra

Fortalecer municípios que possuem pontos turísticos no Espírito Santo. Esta é a intenção da parceria que o Sebrae está...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Renata, Audifax e Fábio. Foto: Divulgação

Não é raridade encontrar as Unidades de Pronto Atendimento (UPAs) da Serra lotadas de pacientes que precisam de atendimento médico. Inclusive, a superlotação desses locais é a principal reclamação dos moradores que dependem da saúde pública. No entanto, em um vídeo polêmico publicado nas redes sociais, Renata Sepulcro (Rede) – candidata à vice-prefeita na chapa de Fábio Duarte (Rede) – afirmou, sem apresentar nenhuma prova, que esse “caos na saúde pública” é causado por pessoas de outras cidades que são pagas para ir as portas desses locais reclamarem do serviço.

A reportagem apurou que o vídeo não é muito recente, mas ganhou notoriedade neste segundo turno. Nos últimos dias, internautas já compartilharam o conteúdo, que vem causando polêmica nas redes sociais, diversas vezes. Logo no início do vídeo, Renata Sepulcro diz que a saúde da Serra está um caos, mas tenta justificar o motivo para que isso esteja acontecendo.

“As pessoas falam que a saúde da Serra está um caos. Está um caos sim. Sabe por quê gente? Eu vou explicar (o motivo) de estar um caos. Porque tem pessoas, inclusive de Vitória, que pagam pessoas que tem preço. Cinquenta conto gente (sic), cinquenta reais. Para essas irem para as portas das UPAS e para policlínicas e clínicas para fazerem volume na porta desses lugares para causar o caos”, disse Renata no vídeo.

Em quase todos os locais onde o conteúdo foi compartilhado, os internautas e até mesmo usuários da saúde pública questionavam a veracidade das afirmações e se demonstravam indignados. Entretanto, alguns apoiadoresmm da campanha de Fábio Duarte defenderam a candidata. Em grupos do WhatsApp, montagens que mostravam o vídeo e matérias que denunciavam problemas na Saúde da Serra foram espalhados.

Durante o vídeo ao qual o TEMPO NOVO teve acesso, a candidata à vice-prefeita não apresenta provas de que os pacientes dessas unidades estariam sendo pagos para causarem lotação. Para tentar entender um pouco mais as afirmações concedidas por ela, a reportagem acionou a assessoria de imprensa de Renata. Caso a demanda seja respondida, essa matéria será atualizada com as justificativas.

Vale lembrar que Fábio Duarte é o candidato à Prefeitura da Serra que possui total apoio do atual chefe do Executivo, Audifax Barcelos (Rede). O prefeito inclusive foi às ruas fazer campanha para sua aposta de sucessão no primeiro turno. Agora, no segundo, Fábio tenta desvincular sua imagem de Audifax e assim se apresentar como o ‘novo’. Essa estratégia foi noticiada pelo TEMPO NOVO na tarde desta quarta-feira (19) [leia clicando aqui].

A assessoria de imprensa da Prefeitura da Serra também foi questionada para saber de as informações repassadas pela candidata são verdadeiras, mas não se pronunciou até a finalização deste texto.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!