• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.066 casos
  • 699 mortes
  • 33.566 curados
26.8 C
Serra
sábado, 23 janeiro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.066 casos
  • 699 mortes
  • 33.566 curados

Vereador apresenta projeto que proíbe fechamento de igrejas na Serra por conta do coronavírus

Leia também

Serra já vacinou 644 moradores contra a Covid-19 e campanha continua nesta sexta

Desde a última segunda-feira (18), a Serra já vacinou 644 pessoas com a primeira dose do imunizante contra o...

Jair Reis, morador antigo de Jacaraípe, morre por complicações da Covid-19

A pandemia de coronavírus fez a Serra perder mais um ilustre morador. Trata-se de Jair Reis que não resistiu...

Contarato diz que chefe do Ministério Público atua como ‘advogado de Bolsonaro’

O posicionamento considerado ‘omisso’ do Procurador-Geral da República, Augusto Aras, sobre a conduta de Jair Bolsonaro na crise sanitária...
Mari Nascimento
Mari Nascimento é repórter do Tempo Novo há 18 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Pastor Ailton. Foto: Reprodução-Arquivo Pessoal

Se depender do vereador Pastor Ailton (PSC), igrejas e templos religiosos devem reabrir as portas e realizar cultos. É de sua autoria do Projeto de Lei 62/2020, que estabelece igrejas e templos religiosos de qualquer culto como atividade essencial em períodos de calamidade pública na Serra. Com isso, fica proibido o fechamento destes locais.

O parlamentar justifica a matéria, que entra em discussão após deputados estaduais capixabas rejeitarem projeto com conteúdo semelhante. “Na falta de uma real vacina que proteja nossos corpos dessa doença devastadora, devemos nos apegar à racionalidade médica para prevenir o contágio e à fé. Precisamos da fé e da representação concreta dela, as igrejas, abertas.

O projeto prevê a possibilidade de limitar o número de pessoas nestes locais, de acordo com a gravidade da situação.

Perguntado sobre a possibilidade de a matéria ser declarada inconstitucional, o autor disse que seu objetivo é regulamentar o decreto federal com conteúdo semelhante.

A matéria deixa a cargo do poder Executivo a regulamentação da lei, caso seja aprovada.

Mari Nascimento
Mari Nascimento é repórter do Tempo Novo há 18 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!