• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.308 casos
  • 701 mortes
  • 33.807 curados
26.6 C
Serra
sábado, 23 janeiro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.308 casos
  • 701 mortes
  • 33.807 curados

Veja quais são as propostas de Sérgio Vidigal e Fábio Duarte para a segurança

Leia também

Serra ultrapassa as 700 mortes por coronavírus e já registra 35.308 casos

A Serra já registra mais de 35.308 casos confirmados e 701 mortes causadas pelo coronavírus. As informações foram divulgadas...

ES vai receber 35,5 mil doses da vacina exportada da Índia e menos de 2 mil serão da Serra

Após fracassadas tentativas de trazer a vacina de Oxford ao Brasil, o governo federal conseguiu viabilizar, juntamente com a...

Serra já vacinou 644 moradores contra a Covid-19 e campanha continua nesta sexta

Desde a última segunda-feira (18), a Serra já vacinou 644 pessoas com a primeira dose do imunizante contra o...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Sérgio Vidigal e Fábio Duarte. Ilustração: Jornal Tempo Novo

Neste domingo (29), eleitores das cidades brasileiras que estão tendo segundo turno das eleições municipais deste ano vão às urnas para escolher os próximos prefeitos e vice-prefeitos. E na Serra, 327.670 moradores (que estão aptos para a eleição), devem votar em um dos dois candidatos que disputam o comando da Prefeitura da Serra pelos próximos quatro anos. São eles: Sérgio Vidigal (PDT) e Fábio Duarte (Rede).

Para auxiliar o eleitor na escolha do seu candidato, o TEMPO NOVO inicia, nesta segunda-feira (23), uma série de matérias com as principais propostas dos disputantes para áreas específicas. Serão abordados temas como saúde, segurança, educação e turismo. Todas as informações que serão lidas abaixo foram retiradas dos próprios planos de Governo de Vidigal e Fábio.

Nesta matéria, o tema tratado será segurança (confira abaixo). É importante frisar, que há anos, a Serra é uma das cidades mais violentas no Espírito Santo. Em 2020, por exemplo, sempre ficou posicionada entre a primeira ou segunda cidade com o maior número de assassinatos no Estado.

Vale destacar que, atualmente, segundo dados do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-ES), a Serra possui 327.670 eleitores aptos para esta eleição. Esse número permitiu que a cidade tivesse segundo turno, já que nenhum dos noves candidatos que disputaram o primeiro turno obtiveram 50% dos votos válidos mais um.

Segundo o TSE, Vidigal teve 100.837 votos, um total de 47,46%. Já Fábio teve 41.194, que soma 19,39%. A ordem das propostas foi definida pelos números de votação (maior e menor).

Principais propostas de Sérgio Vidigal para segurança:

Foto: Divulgação

Para Sérgio Vidigal, a violência e a criminalidade devem ser combatidas não apenas com a aplicação da lei, mas com a garantia de mais qualidade de vida à população, incluindo o combate a violações de direitos humanos e às desigualdades. O candidato pretende realizar a reestruturação da carreira dos Guardas Civis Municipais – GCMs, que tem como objetivo o aperfeiçoamento profissional.

Caso eleito, Vidigal também promete implantar o Sistema de Reconhecimento Ótico de Caracteres – OCR O OCR. Na prática, o projeto facilitará a identificação de Placas de Veículos com Restrição de Furto e Roubo, ou por outros tipos de crimes que envolvam o uso de veículos.

Além disso, o candidato pretende reestruturar o Sistema de Videovigilância Municipal. Segundo Vidigal, um Centro de Controle Operacional próprio, rede de fibras óticas e câmeras domo, foi criado no ano de 2010 e desde sua criação já teve aumentado seu número de câmeras em mais de uma centena.

“No entanto, é notícia que corre entre operadores da Segurança Pública no município e usuários da população que buscam imagens para compor processos judiciários, que o sistema está defasado e muitas câmeras não funcionam”.

Para o trânsito, Vidigal afirma que irá reestruturar o Núcleo de Educação para o Trânsito – NET, ligado ao DOT. Na prática, ele quer aprimorar as campanhas de trânsito e implementar a Educação de trânsito de forma modular nas primeiras séries do Ensino Fundamental nas escolas municipais.

Principais propostas de Fábio Duarte para segurança:

Foto: Divulgação

Para Fábio Duarte, um dos temas mais desafiadores da atualidade é a redução e o controle dos níveis da violência. Ele afirma que com altas índices de homicídios, desde a última década, a Serra vem implementando um conjunto de ações voltadas ao enfrentamento da criminalidade.

Para ampliar ainda mais esse trabalho, Fábio pretende, caso seja eleito, avaliar e revisar o Plano Municipal de Segurança Pública e Defesa Social, estabelecendo metas para os anos subsequentes, visando à redução dos índices de violência na cidade

Na Guarda Municipal, ele quer implantar o Centro de Controle de Segurança e Defesa Social, com a modernização das instalações e equipamentos de suporte operacional. Também promete ampliar o número de Agentes da Guarda Civil Municipal, para o aumento do atendimento do patrulhamento preventivo e das ações de policiamento no âmbito do município.

Duarte também quer Fortalecer as ações de Educação de Trânsito nas escolas, empresas, entidades e em campanhas de vias e pontos públicos estratégicos, visando a conscientização do “Trânsito Seguro”.

Também faz parte do plano de Fábio ampliar a Patrulha Escolar, visando gerar maior sensação de segurança para a comunidade escolar das unidades de ensino municipal, principalmente as localizadas nos bairros com maiores índices de violência.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!