25 C
Serra
sábado, 25 de janeiro de 2020

Varejo espera Natal melhor que o de 2017

Leia também

Câmara da Serra pode ganhar mais um vereador

Nova decisão da Justiça vai promover alterações na Câmara da Serra. O juiz substituto Leonardo Mannarino Teixeira Lopes, da...

PRTB elege nova diretoria e promete candidatura majoritária na Serra

Atentas ao calendário eleitoral 2020, lideranças do PRTB capixaba estão promovendo mudanças nos comandos da legenda em diversos município...

Exame de vista gratuito em Laranjeiras em fevereiro

No próximo dia 1 fevereiro (sábado), será realizado em Parque Residencial Laranjeiras, o projeto ‘Olhos do Bem’, que levará...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Gabriela e Laís da loja Gabriel Colchões, em Laranjeiras, estão otimistas. Foto: Fábio Barcelos

Na próxima semana é comemorado o Natal, data mais importante para o comércio de varejo, tanto pela prática de troca de presentes, quanto pela injeção na economia dada pelo pagamento do 13º salário. E para alguns setores do comércio, as vendas podem crescer até o dobro relação ao mesmo período de 2017.

A Gabriel Colchões, em Laranjeiras, está otimista, segundo a gerente Gabriela Jadjeschi. “Estamos muito otimistas. Nossas vendas já aumentaram 50% em relação a 2017 e esperamos que dobrem até o Natal. Nesta data vendemos cerca de 50% a mais que as outras”, aponta.

Na Interative Informática, em Jacaraípe, o proprietário Thiago Menezes aposta que as vendas seguirão a linha da Black Friday. “A Black Friday este ano vendeu 50% a mais, então apostamos que no Natal também se venda 50% em relação à mesma data de 2017. Esta é a data mais importante, principalmente por ser o mês do 13º. Em relação ao resto do ano, as vendas triplicam, especialmente na semana do Natal. O mais procurado é a parte de games e acessórios”, detalha.

Para o presidente da Associação dos Comerciantes e Empresários da Serra-Sede (Acess) e sócio proprietário da Pinte e Borde, Edson Quintino, a expectativa é de aumento. “Natal é nossa principal data. No setor de roupas e calçados as vendas costumam dobrar, mas no meu segmento, que é papelaria, só aumentam os produtos para decoração natalina. A expectativa é de melhora, mas não estimamos de quanto”, explica.

No segmento calçados a data costuma dobrar as vendas, segundo Vinícius Garcia Retamero, gerente da Prenda Multishop, em Nova Almeida. “No Natal o movimento dobra e este ano teve melhora nas vendas. Em novembro cresceram 5% em relação a 2017, então a expectativa é de que no Natal se mantenha esses 5% e até aumente”, pontua.

A Federação do Comércio de Bens e Serviços do Espírito Santo (Fecomércio) estima que as vendas do comércio de varejo cresçam 1,8% em relação a 2017. No ano passado, as vendas sofreram queda de -2,3% em relação a 2016.

Comentários

Mais notícias

PRTB elege nova diretoria e promete candidatura majoritária na Serra

Atentas ao calendário eleitoral 2020, lideranças do PRTB capixaba estão promovendo mudanças nos comandos da legenda em diversos município capixabas. E as alterações se...

Exame de vista gratuito em Laranjeiras em fevereiro

No próximo dia 1 fevereiro (sábado), será realizado em Parque Residencial Laranjeiras, o projeto ‘Olhos do Bem’, que levará para os participantes exames de...

Chuvas | Serra antecipa limpeza de bueiros e valas

Áreas de instabilidade se intensificaram sobre o mar e avançaram para o Espírito Santo espalhando nuvens carregadas sobre algumas regiões do estado próximas do...

Cinquenta voluntários da Serra vão ajudar na limpeza de Iconha

Muitas doações de produtos de limpeza, alimentos e roupas estão chegando ao município de Iconha, devastado por chuvas que atingiram o sul do Espírito...

Você também pode ler

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem