Serra, 19 de julho de 2018

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Mestre Álvaro

por Eci Scardini

Serra, 15 de junho de 2018 às 9:36

Vaga para gerenciar 60 bilhões


Yuri Scardini 

Há pouco menos de 4 meses para as eleições, o brasileiro deve dar uma mergulhada da política e voltar sua atenção à Copa do Mundo. Mesmo que haja insatisfações generalizadas, é difícil não se envolver no principal evento do principal esporte nacional. Principalmente se gols e vitórias vierem. Mas isso não quer dizer que os bastidores políticos se acalmem, até porque, o início para as convenções partidárias irá ocorrer apenas 5 dias após o fim da Copa.

Em terras capixabas, espera-se ao menos três candidatos: o governador Paulo Hartung (MDB); o ex-governador Renato Casagrande (PSB); senadora Rose de Freitas (PODE). E quem ganhar vai gerenciar cerca de R$ 60 bilhões em 4 anos.

Porém, não se descarta demais candidaturas e até mesmo alguns ‘laranjas’. Prática já usada em outras campanhas. Há também partidos menores que esboçam lançar candidatos ao Anchieta, é o caso do PSL do presidenciável Jair Bolsonaro e do deputado federal, Carlos Manato. O PSL capixaba, recentemente lançou a pré-candidatura do militar, coronel Carlos Foresti, como é conhecido.

Foresti é um dos acusados de envolvimento na paralisação da Polícia Militar em fevereiro de 2017. Movimento que gerou profundo desgaste a imagem de Hartung. Paradoxalmente, se consolidar a candidatura de Foresti, quem ganha com isso é o próprio Hartung, já que em tese Foresti dividiria parte do eleitorado de Casagrande que rejeita Hartung. Há quem diga que o próprio governador estaria por trás desse movimento. Não se pode supervalorizar e nem menosprezar essa pré-candidatura. Além de estar chancelado pelo odiado ou amado Bolsonaro, Foresti é uma das figuras com maior audiência nas redes sociais, local em que ele parece ser maior que Hartung, Casagrande e Rose, juntos.

Aqui na Serra, os nomes mais expressivos da política local parecem já ter seus lados. O prefeito Audifax (Rede) fica com Rose, podendo indicar o vice. Já o deputado Sérgio Vidigal (PDT) pode ser o próprio vice de Hartung, com o apoio do tucano Vandinho Leite e o deputado Jamir Malini (PP). Já Casagrande terá a família Lamas como articuladores de campanha na Serra. Ainda não se desenhou um apoio local à pré-candidatura de Foresti.  Mas, quem sair vitorioso dessa disputa, já dá um enorme passo visando à eleição municipal de 2020.

 




O que você acha ?

Como você avalia o primeiro semestre do governo Audifax?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por