24.3 C
Serra
sexta-feira, 18 de setembro de 2020

Tilápia leva dez mil à Juara todo mês

Leia também

Bruno Lamas e Guilherme Lima formam chapa puro sangue rumo a disputa pela prefeitura

O deputado estadual Bruno Lamas (PSB) definiu uma chapa puro-sangue para a disputa da Prefeitura da Serra. O nome...

Vândalos destroem horta e jardim de unidade de saúde da Serra

Funcionários da unidade de saúde de Jardim Tropical, na Serra, tomaram um susto ao chegar ao trabalho hoje (18)...

Médico do Jayme e morador de Jacaraípe, dr. Afonso Pimenta é o vice de Vandinho

Com 27 anos de profissão dedicados aos serranos, cirurgião quer ajudar a melhorar o sistema de saúde da cidade. O...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

A gastronomia e a beleza cênica da lagoa viraram oportunidade para os produtores de tilápia apostarem no turismo. Foto: Edson Reis
A gastronomia e a beleza cênica da lagoa viraram oportunidade para os produtores de tilápia apostarem no turismo. Foto: Edson Reis

Clarice Poltronieri

Na contramão da decadência que atingiu o turismo nas praias de Jacaraípe nos últimos anos, a orla da Lagoa Juara vem atraindo cada vez mais turistas. Através da união dos piscicultores de tilápia, a área da lagoa se tornou um atrativo de contemplação e gastronomia, com restaurante, pedalinho, área de lazer e peixaria.

O local hoje gera 33 empregos diretos e 9 indiretos e recebe entre 9 e 10 mil visitantes por mês, uma média de 2,5 mil por semana.

A produção mensal de tilápia é em torno de 6,8 a 7 toneladas por mês e 65 a 75 toneladas por ano, segundo o presidente da Associação de Pescadores da Lagoa do Juara, Cedmar Dias de Oliveira.

No início, havia apenas produção de tilápia, agora a Juara é um ponto de encontro das famílias. “Com o tempo vimos a necessidade de ter um atrativo para as pessoas virem ao local comprar o peixe. Foi quando o projeto evoluiu e hoje temos uma peixaria e um restaurante no local, além de pedalinho e outros atrativos para as famílias”, conta.

O restaurante é da Associação de Pescadores da Lagoa do Juara e serve salgados, porções e refeições que variam entre R$3 a R$250, funcionando de terça a domingo, das 7h às 17h, horário que também funciona a peixaria que, além da tilápia produzida no local, revende peixes e frutos do mar aos visitantes.

Os nove empregos indiretos são de ambulantes que ficam no local nos finais de semana com pula-pula, venda de chup-chup natural, milk-shakes, água de coco e outros. Um pedalinho particular também é atração e ajuda a trazer visitantes.

O restaurante da lagoa do Juara faz parte do Projeto Peixe Vivo, que foi idealizado em 2000 pela união dos pescadores, mas que saiu do papel em 2003.

Começou com cerca de 50 piscicultores e chegou a ter apenas 10, mas hoje conta com 23 criadores que, além da produção, trabalham no restaurante e peixaria. O Projeto iniciou com apoio da Prefeitura da Serra e do Banco do Brasil, mas há mais de cinco anos não faz mais uso de financiamento público.

 

Comentários

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Vândalos destroem horta e jardim de unidade de saúde da Serra

Funcionários da unidade de saúde de Jardim Tropical, na Serra, tomaram um susto ao chegar ao trabalho hoje (18) pela manhã. É que a horta...

Médico do Jayme e morador de Jacaraípe, dr. Afonso Pimenta é o vice de Vandinho

Com 27 anos de profissão dedicados aos serranos, cirurgião quer ajudar a melhorar o sistema de saúde da cidade. O médico cirurgião Afonso Carlos Vanzo...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!