28.7 C
Serra
sábado, 22 janeiro - 2022
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Sobe para dois o número de moradores da Serra mortos pela H3N2; no ES já são 14

Leia também

Serra terá dois novos pontos de testagem de Covid-19 | Confira

Diante do crescente número de casos positivos de Covid-19 registrados nos últimos dias, a procura por testes aumentou e...

Avanço explosivo da Ômicron adoece 1.550 pessoas na Serra em 24h

A circulação da variante Ômicron em território capixaba tem causado um aumento explosivo de novos casos da Covid-19 na...

Serra volta para risco moderado e pode sofrer restrições devido ao avanço da Covid-19

Devido ao aumento de casos de coronavírus e mortes causadas por complicações da Covid-19, a Serra voltou a ser...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Das 17.859 amostras de casos suspeitos de síndrome gripal analisadas em 2021, 840 foram confirmadas para Influenza A, com uma positividade de 4,7% das amostras. Foto: Divulgação

Subiu para dois o número de óbitos na Serra em decorrência da gripe Influenza A H3N2. Os dados foram divulgados pela Secretaria de Estado da Saúde (Sesa) na noite da última quarta-feira (12).

De acordo com a Sesa, em relação aos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por Influenza, há a confirmação de 96 casos e 14 óbitos no Espírito Santo. Os dados são do Sistema de Informação de Vigilância Epidemiológica da Gripe (SIVEP-Gripe).

Das 17.859 amostras de casos suspeitos de síndrome gripal analisadas em 2021, 840 foram confirmadas para Influenza A, com uma positividade de 4,7% das amostras.

Ainda de acordo com a Sesa dois óbitos foram de pessoas com idade acima de 90 anos de idade; três, de 80 a 89 anos; cinco de 70 a 79 anos; um de 60 a 70 anos e três menores de 59 anos.

Cinco pessoas morreram em Cariacica; duas em Vitória; duas na Serra; uma em Cachoeiro de Itapemirim; uma em Vagem Alta; uma em Presidente Kenedy; uma em Linhares; e uma em Nova Venécia.

Os exames analisados pelo Laboratório Central de Saúde Pública do Espírito Santo (Lacen/ES) tem indicado a predominância da Influenza A (subtipo H3N2). A Sesa ressalta, entretanto, que aguarda o pleno restabelecimento do sistema de notificação do Ministério da Saúde para ter o balanço completo sobre a Influenza no Estado, pois os dados estão sujeitos a alteração.

Das 1.405 amostras de casos suspeitos de síndrome gripal analisadas na Semana Epidemiológica (SE) 01 deste ano, foram confirmadas 776 para Influenza A, com positividade de 55,23% das amostras. A Sesa ainda aguarda resultados de sequenciamentos genéticos de amostras que foram encaminhados à Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz).

Em relação aos casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por Influenza, não foram confirmados nenhum caso ou óbito em 2022.

A Sesa ressalta, entretanto, que aguarda o pleno restabelecimento do sistema de notificação do Ministério da Saúde para ter o balanço completo sobre a Influenza no Estado, pois os dados estão sujeitos a alteração/atualização.

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!