25.7 C
Serra
terça-feira, 07 de julho de 2020

Sindicato da indústria do plástico sob nova direção

Leia também

Opinião TN: A pandemia não acabou, nós que acostumamos com as mortes

Mesmo em meio à pandemia, a rotina de muitas pessoas está voltando ao normal. Famílias se reunindo, churrascos acontecendo...

Ação no sábado em Laranjeiras vai trocar cerveja por alimento e produtos de limpeza

Neste sábado (11) vai acontecer a segunda edição Festival Drive-Thru Solidário das Cervejarias, às 12 horas. A ação é...

Pastoral já distribuiu mais de 16 mil marmitas à população de rua

A pandemia causada pelo novo coronavírus está agravando a desigualdade social no país. Um dos sintomas desse cenário é...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Gilmar Guanandy  é dono da Fibravit, localizada na região de Carapina
Gilmar Guanandy é dono da Fibravit, localizada na região de Carapina

Na última quinta (7) o novo presidente do Sindicato da Indústria de Material Plástico do Estado do Espírito Santo (Sindiplast-ES), Gilmar Guanandy Régio, empresário da Fibravit, tomou posse no auditório da Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes), em Vitória.

Segundo Gilmar, a Serra abriga mais de 50% das empresas do setor, gerando em torno de 2,6 mil empregos diretos na cidade e 5 mil no ES, que conta com cerca de 120 empresas, sendo 65 vinculadas ao sindicato. O setor já atua no mercado de exportação.

“No planejamento estratégico vamos contemplar incentivo às exportações para as pequenas empresas, com um trabalho a ser desenvolvido em conjunto com as instituições de apoio a exportação como a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex) e o Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae)”, frisa.

O setor também enfrenta desafios com a crise. “A Associação Brasileira da Indústria do Plástico (Abiplast) estima que o setor recue cerca de3,85% na produção e 5,3% na demanda em 2016, acumulando queda de 13% entre 2015 e 2016”, pontua.

Para Gilmar, dar continuidade aos projetos em andamento no Sindiplast-ES e ampliar os trabalhos do sindicato vão ajudar as empresas a enfrentar este momento. “As empresas devam manter-se na estratégia de ‘espera ativa’, ou seja, com foco na manutenção da higidez do negócio, atenção à gestão de caixa e às pressões de custos, melhorias dos processos e da gestão”, enumera.

 

Comentários

Mais notícias

Ação no sábado em Laranjeiras vai trocar cerveja por alimento e produtos de limpeza

Neste sábado (11) vai acontecer a segunda edição Festival Drive-Thru Solidário das Cervejarias, às 12 horas. A ação é uma parceria entre diversas cervejarias...

Pastoral já distribuiu mais de 16 mil marmitas à população de rua

A pandemia causada pelo novo coronavírus está agravando a desigualdade social no país. Um dos sintomas desse cenário é o aumento do número da...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!