22.7 C
Serra
sexta-feira, 03 de julho de 2020

Serranos sofrem para recarregar cartões do Transcol

Leia também

Viviane Miranda fará segunda live solidária no dia 12 de julho

A cantora Viviane Miranda, moradora de Feu Rosa, na Serra, fará sua segunda live solidária no próximo dia 12...

Como fica o direito da gestante a um acompanhante no momento do parto durante a pandemia

O direito a um acompanhante durante o parto é garantido pela lei federal nº 11.108 de 2005 (lei do...

Serra ultrapassa oito mil casos confirmados de coronavírus e atinge 320 mortes

Seguindo na liderança de casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste marca de...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Usuários relatam ficar mais de uma hora na fila no início de mês
Usuários relatam ficar mais de uma hora na fila no início de mês

Usuários do guichê da GV Bus, no Terminal de Laranjeiras, reclamam do mau atendimento no local. É comum ter só um caixa aberto em pleno início de mês, gerando filas enormes. Alguns ficam até uma hora e meia para serem atendidos.

O pior é que além de ser o único da Serra – a mais populosa cidade do ES com quase 500 mil habitantes – o guichê só abre de segunda a sexta das 08 às 16hs.

Isto para atender os serranos usuários do Transcol, que precisam tirar ou recarregar cartão do passe escolar, vale transporte, solicitar 2ª via desses cartões, recadastrar passe escolar ou obter cartão de gratuidade.

A universitária Talita Rezende é usuária do guichê há anos e encontra dificuldades para ir ao local devido ao horário do funcionamento, pois faz estágio no período da tarde. “Já cheguei a ficar até uma hora e meia esperando na fila para recarregar o cartão de passe escolar e acho isso um absurdo,” afirmou a estudante.

O professor de informática Paulo César também é usuário do guichê e muitas vezes não tem tempo para recarregar o cartão Passe Fácil. “Muitas vezes fico cerca de três meses sem recarregar o cartão por falta de tempo, pois o horário é muito ruim,” afirmou Paulo.

 Hora do rush

A maioria dos usuários recarrega os cartões no início do mês. É comum ter sempre uma fila enorme nesta época. E de acordo com consumidores, as pessoas aproveitam o horário de almoço do trabalho para ir até o guichê. Ao chegar, encontram quase sempre um único atendente, pois o outro funcionário sempre está em horário de almoço.

Apesar da Companhia de Transportes Urbanos da Grande Vitória (Ceturb) ser a responsável por administrar e fiscalizar o sistema Transcol, a assessoria de imprensa do órgão disse que a responsabilidade pelo guichê é do Sindicato das Empresas de Transporte Metropolitano da Grande Vitória (GV Bus).

A reportagem ligou várias vezes para o telefone da entidade durante a tarde de ontem (28), mas ninguém atendeu.

Comentários

Mais notícias

Como fica o direito da gestante a um acompanhante no momento do parto durante a pandemia

O direito a um acompanhante durante o parto é garantido pela lei federal nº 11.108 de 2005 (lei do acompanhante), que alterou a lei...

Serra ultrapassa oito mil casos confirmados de coronavírus e atinge 320 mortes

Seguindo na liderança de casos confirmados de coronavírus no Espírito Santo, a Serra já ultrapassou a triste marca de oito mil moradores infectados e...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!