• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.690 casos
  • 967 mortes
  • 48.401 curados
25 C
Serra
terça-feira, 13 abril - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.690 casos
  • 967 mortes
  • 48.401 curados

Serranos mandam ver em versão da canção ‘Telegrama’ de Zeca Baleiro

Leia também

CPI dos Maus-Tratos irá ouvir homem suspeito de golpear cadela com facão na Serra

O homem suspeito de dar golpes de facão na cabeça de uma cadela na Serra será ouvido pela CPI...

Em apenas 24 horas, Serra perde mais 11 moradores para o coronavírus e atinge 967 óbitos

Um dado estarrecedor do pico da pandemia causada pelo coronavírus – em maio de 2020– voltou a assombrar os...

Serra começa a vacinar policiais e guardas municipais contra o coronavírus nesta quarta

A Prefeitura da Serra, através da Secretaria de Saúde da Serra (Sesa), iniciará a vacinação dos trabalhadores da força...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

AR3: Artur, Brunno e Cristiano. Foto: Reprodução/Facebook

Ícone da geração dos anos 1990 da MPB, o maranhense Zeca Baleiro teve versão de uma de suas músicas mais conhecidas, ‘Telegrama’, gravada ao vivo pelos serranos Artur Nogueira, Brunno Freitas e Cristiano Carvalho.

A gravação de áudio e vídeo aconteceu este mês de fevereiro no Estúdio Carvalho, em Laranjeiras. E faz parte do projeto de divulgação da banda AR3, que reúne a voz e violão de Artur e músicos parceiros. A AR3 se apresenta em bares, restaurantes e casas noturnas da Serra e Grande Vitória, além de tocar também em eventos particulares.

A pegada é o pop rock nacional, mas  o grupo também toca MPB, forró pé de serra e outros gêneros. Ecletismo é palavra chave para entender o sucesso dos rapazes, que sempre estão com a agenda de shows cheia.

Nesta versão de Telegrama, Artur, que é morador de Laranjeiras, canta e toca violão. Brunno, que reside em Eldorado, comanda a bateria e também ataca de backing vocal.De São Marcos, Cristiano manda ver no contrabaixo.

O contrabaixista, que também é professor de música, é o dono do estúdio onde a canção e clipe foram gravados. E foi o responsável pelo overbus, mixagem e edição do vídeo. Veja como o trabalho ficou ‘da hora’.

 

Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!