28.7 C
Serra
sábado, 22 janeiro - 2022
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Serra vai começar a vacinar crianças com 11 anos contra a Covid-19

Leia também

Serra terá dois novos pontos de testagem de Covid-19 | Confira

Diante do crescente número de casos positivos de Covid-19 registrados nos últimos dias, a procura por testes aumentou e...

Avanço explosivo da Ômicron adoece 1.550 pessoas na Serra em 24h

A circulação da variante Ômicron em território capixaba tem causado um aumento explosivo de novos casos da Covid-19 na...

Serra volta para risco moderado e pode sofrer restrições devido ao avanço da Covid-19

Devido ao aumento de casos de coronavírus e mortes causadas por complicações da Covid-19, a Serra voltou a ser...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br
Gabriel Almeida é jornalista do Tempo Novo há mais de sete anos. Atualmente, escreve para diversas editorias do jornal.

Vacinação será iniciada nos próximos dias na Serra. Foto: Divulgação

A Secretaria Municipal de Saúde (Sesa) da Serra deve iniciar nos próximos dias a campanha de imunização infantil. Poderão ser imunizadas, nesta primeira fase, crianças com 11 anos de idade, indígenas, aquelas que possuem comorbidades ou deficiência. O Município ainda não possui uma data específica para iniciar a vacinação, pois aguarda orientações do Governo do Estado.

As vacinas da Pfizer produzidas especialmente para a idade pediátrica deveriam ter chegado ao Espírito Santo na madrugada desta sexta-feira (14), o que não aconteceu devido a atraso do Ministério da Saúde. O prazo dado pelo Governo Federal é de que os imunizantes sejam entregues até a tarde desta sexta.

Em nota enviada à reportagem, a Prefeitura da Serra disse que segue aguardando as determinações do Governo do Estado. “A Secretaria de Saúde da Serra informa que está aguardando as orientações do Programa Estadual de Imunizações para traçar as estratégias de vacinação.” O Município pode iniciar a vacinação ainda neste sábado (15) ou na próxima segunda-feira (18).

Já o secretário de Saúde do Espírito Santo, Nésio Fernandes, explicou que ao todo, serão 24 mil doses recebidas pelo Espírito Santo. “24 mil doses de vacinas da Pfizer para idade pediátrica que serão suficientes para vacinar as crianças indígenas, com comorbidades, deficiência e iniciar a vacinação de crianças com 11 anos”, explicou.

Nésio ainda ressaltou que a vacina da Pfizer é segura, eficaz, passou pelas fases 1, 2 e 3 e não é experimental. Destacou ainda que a Anvisa aprovou e o Governo Federal comprou as doses para distribuir no Plano Nacional de Operacionalização e Enfrentamento de Combate ao Covid-19.

“Vacinar nossos filhos é um gesto de responsabilidade, de amor e carinho e a melhor maneira de ter toda a família capixaba protegida da Covid-19. Vacinemos nossos filhos e acreditemos na ciência. Ainda nesta sexta-feira (14) a tarde as vacinas já serão encaminhadas aos municípios de modo que no sábado (15) a vacinação das crianças possa ser iniciada na ampla maioria das cidades”, disse o secretário.

Entenda a vacina

  • A vacina a ser utilizada será da plataforma RNA mensageiro, Comirnaty (Pfizer/BioNTech) de uso pediátrico, em esquema primário de duas doses de 0,2mL.
  • A vacina não deverá ser administrada de forma concomitante a outras vacinas do calendário infantil, por precaução, sendo recomendado um intervalo de 15 dias.
  • Crianças que completarem 12 anos entre a primeira e a segunda dose, devem permanecer com a dose pediátrica da vacina Comirnaty.
  • O intervalo entre a primeira e segunda dose para este público deverá ser de 8 (oito) semanas, considerando que estudos em adultos demonstraram
  • que há uma melhor resposta imunológica, com maiores títulos de anticorpos neutralizantes, em intervalos superiores a três semanas.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br
Gabriel Almeida é jornalista do Tempo Novo há mais de sete anos. Atualmente, escreve para diversas editorias do jornal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!