• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 68.100 casos
  • 1.417 mortes
  • 66.111 curados
23.7 C
Serra
sexta-feira, 23 julho - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 68.100 casos
  • 1.417 mortes
  • 66.111 curados

Serra tem mais de 15 mil imóveis com rede de esgoto na porta que ainda não se ligaram

Leia também

Supermercado Casagrande multado em R$ 83 mil por fazer loja sem licença em Jacaraípe

A nova loja do supermercado Casagrande em Jacaraípe, prevista para ser inaugurada na semana que vem, foi multada em...

Estudo inglês demonstra que segunda dose de vacinas é essencial contra a variante delta

Mais um estudo demonstra a necessidade da segunda dose da vacina contra a Covid para que a proteção seja...

Gleisi Hoffman vem ao Estado para contribuir na formação de uma frente pró-Lula

  Com o avanço da popularidade de Lula no Espírito Santo e retomada do ex-presidente na preferência dos eleitores capixabas,...
Conteúdo Patrocinadohttps://www.portaltemponovo.com.br
O conteúdo patrocinado não é reflete a opinião do Tempo Novo, mas é de responsabilidade dos seus autores.

mais de 15 mil imóveis na Serra possuem rede de esgoto pronta e disponível passando na porta, faltando apenas que o morador cumpra o seu papel. Foto: divulgação.

Um trabalho intenso que conta com a união de esforços e investimentos públicos e privados vem sendo realizado para garantir a ampliação dos serviços de coleta e tratamento de esgoto nos municípios de Serra e Vila Velha, mas infelizmente parte significativa dos moradores não fazem a ligação do imóvel na rede.

O município de Serra está acima da média nacional no que diz respeito ao percentual de cobertura com serviços de esgoto, alcançando o patamar de 90%, enquanto no Brasil o índice geral gira em torno dos 50% de acordo com os dados do instituto Trata Brasil.

Os avanços em esgotamento sanitário no município de Serra são resultados do trabalho cooperado estabelecido desde 2015 entre a Ambiental Serra e Cesan, por meio de uma parceria público-privada (PPP). São inúmeros os benefícios do saneamento, mas para que eles se materializem, o cidadão também precisa fazer a sua parte ligando o esgoto seu imóvel na rede coletora. Hoje mais de 15 mil imóveis na Serra possuem rede de esgoto pronta e disponível passando na porta, faltando apenas que o morador cumpra o seu papel e apenas ligue o seu imóvel na rede coletora para que assim o esgoto seja coletado e tratado.

A atribuição de realizar a ligação do esgoto do imóvel na rede é de responsabilidade dos moradores, previsto em Lei Federal e os que não fazem a conexão já começaram a ser fiscalizados por parte de órgãos públicos competentes. Não se conectar à rede de esgoto é crime ambiental, passível de processo no Ministério Público do Espírito Santo (MPES).

Ações de conscientização e fiscalização têm acontecido, principalmente, nos bairros que receberam investimentos da Ambiental Serra e tiveram construção e ampliação de redes, na tentativa de sensibilizar a população para esta importante etapa do trabalho que é a ligação do esgoto à rede coletora.

Em seis anos de atuação da PPP, foram construídos cerca de 1037 km de rede coletora de esgoto em Serra, atendendo diversos bairros como Serramar, Colina de Laranjeiras, Planalto Serrano. Taquara I e II, José de Anchieta, Campinha da Serra I e II, Vista da Serra II, Parque Residencial Laranjeiras, Novo Porto Canoa, Divinópolis, Mestre Álvaro, Barro Banco e Parque das Gaivotas.

Com a atuação da PPP Cesan Ambiental Serra mensalmente, mais de 1 bilhão de litros de esgoto, o equivalente a quase 400 piscinas olímpicas, é coletado e tratado antes de ser devolvido ao meio ambiente.

Além disso, o tratamento e a destinação correta do esgoto, em conjunto com a preservação ou restabelecimento da mata ciliar, é a principal medida para garantir a recuperação dos rios cuja vida foi comprometida por processos de urbanização historicamente não planejados e pelo desmatamento. Ou seja, estar ligado à rede de esgoto, não desmatar, não ocupar áreas de mangue e fazer a destinação correta dos resíduos são ações que têm relação direta com a qualidade dos corpos hídricos.

Conteúdo Patrocinadohttps://www.portaltemponovo.com.br
O conteúdo patrocinado não é reflete a opinião do Tempo Novo, mas é de responsabilidade dos seus autores.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!