• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 68.100 casos
  • 1.417 mortes
  • 66.111 curados
23.7 C
Serra
sexta-feira, 23 julho - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 68.100 casos
  • 1.417 mortes
  • 66.111 curados

Serra poderá ter eventos com até 600 pessoas a partir de agosto

Leia também

Supermercado Casagrande multado em R$ 83 mil por fazer loja sem licença em Jacaraípe

A nova loja do supermercado Casagrande em Jacaraípe, prevista para ser inaugurada na semana que vem, foi multada em...

Estudo inglês demonstra que segunda dose de vacinas é essencial contra a variante delta

Mais um estudo demonstra a necessidade da segunda dose da vacina contra a Covid para que a proteção seja...

Gleisi Hoffman vem ao Estado para contribuir na formação de uma frente pró-Lula

  Com o avanço da popularidade de Lula no Espírito Santo e retomada do ex-presidente na preferência dos eleitores capixabas,...
Mari Nascimento
Mari Nascimento é repórter do Tempo Novo há 18 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Reunião com o prefeito da Serra para discutir a retomada dos eventos para até 600 pessoas. Foto: Divulgação

A partir de agosto, a Serra poderá sediar eventos para até 600 pessoas. Encontros sociais realizados no Espírito Santo, como aniversários e casamentos, por exemplo, poderão receber até 600 pessoas. Atualmente, a capacidade máxima permitida pelo governo estadual é de até 300 pessoas.

A partir de 1º de agosto, os cerimoniais poderão ter uma ocupação limitada a 50% de sua capacidade máxima, desde que não ultrapasse 600 pessoas. As regras sanitárias para prevenção contra o coronavírus permanecem as mesmas: uso de máscaras e de álcool 70% e distanciamento.

Entre os defensores da proposta está o deputado estadual Alexandre Xambinho (PL), que promoveu um ciclo de debates com os prefeitos da Grande Vitória e a Associação dos Fornecedores de Eventos Sociais do Espírito Santo – AFESTA. Assim, criou-se uma pauta que foi encaminhada ao Governo do Estado, no intuito de promover a flexibilização e a retomada dos eventos sociais no ES.

“Essa flexibilização vai ajudar os profissionais do setor de eventos no Espírito Santo a manter de pé suas empresas, que foram duramente atingidas pelas restrições impostas pela pandemia e juntos, vamos continuar avançando num plano de retomada da atividade econômica na área de eventos, que é responsável pela geração de emprego e renda para milhares de pessoas no Estado do Espirito Santo”, disse.

 

Mari Nascimento
Mari Nascimento é repórter do Tempo Novo há 18 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!