30.6 C
Serra
terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Serra multa ArcelorMittal em R$ 9 milhões por ‘chuva’ de pó preto em Carapebus

Leia também

Banda Volave vai dar o tom do ano novo no Espaço Marbella com bebida e comida liberadas

    A banda Volave, de Chácara Parreiral voltou com força total para o cenário musical neste final de ano. O projeto...

Crianças colocam fogo em decoração de Natal do Parque da Cidade

Um ato de vandalismo chamou atenção de quem passava pelo Parque da Cidade na manhã desta terça-feira (10). Trata-se...

Depressão: Cães e gatos também sofrem com a doença

O Brasil é o país mais deprimido da América Latina, são quase 12 milhões de brasileiros sofrendo com a...

Morador mostra mão após passá-la no chão da casa em Praia de Carapebus. Foto: Divulgação

A ‘chuva’ de pó preto e brilhante em Carapebus tem responsável identificado. De acordo com a Secretaria de Meio Ambiente da Serra (Semma) a poluição vem da ArcelorMittal Tubarão, cuja planta de fabricação de aço é vizinha à região e, junto com a Vale, forma o Complexo Industrial de Tubarão. Por conta do problema, a ArcelorMittal foi multada em R$ 9 milhões pela Semma.   

A multa foi emitida ontem (12). E foi resultado de vistorias feitas pela Semma e também pelo Instituto Estadual de Meio Ambiente (Iema) às casas de moradores, ruas do bairro e às instalações industriais em Tubarão, tanto na ArcelorMittal quanto na Vale. As vistorias aconteceram após a ‘chuva’ de pó preto e brilhante que atingiu intensamente a comunidade na noite entre os últimos dias 16 e 17 de junho –, e que foi noticiado com exclusividade por Tempo Novo na ocasião.

De acordo com o moradores, mesmo após aquela madrugada, quando a poluição foi tão extrema a ponto de sua precipitação ser visível, o pó seguiu – e segue – caindo sobre as casas. O problema existe desde que o complexo siderúrgico passou a operar em Tubarão na década de 1970 e se agravou com a construção da CST (hoje ArcelorMittal) nos anos 1980.

Segundo nota divulgada pela Prefeitura da Serra, foi constatado que a poeira que cai sobre a comunidade contém minério de ferro e carvão mineral. E também carepa, rejeito da fabricação de aço e considerado material perigoso. A três substâncias existem na Área da ArcelorMittal Tubarão, onde foram encontradas falhas no controle da poeira.   

Em declaração publicada junto com a nota, a secretária interina de Meio Ambiente da Serra, Laís Garcia, disse que a situação está prejudicando a saúde dos moradores da região, com aumento de incidência de doenças respiratórias. Quem reside na comunidade diz que também aumentou os gastos com limpeza.

É bom lembrar que a Vale fornece o minério de ferro à ArcelorMittal e também opera a logística portuária do desembarque do minério de carvão – insumo importado de outros países – usado pela siderúrgica para a fabricação do aço.   

Responsável pelo monitoramento da qualidade do ar da Grande Vitória e também pelas licenças ambientais de ArcelorMittal e Vale, o Iema ainda não se posicionou sobre o caso. Na última quarta-feira (10), o presidente do Instituto, Alaimar Fiuza, havia prometido que o órgão divulgaria relatório sobre responsabilidades e punições a respeito do caso.

A declaração de Alaimar foi no evento de apresentação do novo Inventário de Fontes de Emissões Atmosféricas da Grande Vitória , referente a dados coletados em 2015. O Inventário recebeu críticas por não considerar o pó siderúrgico que se precipita sobre as vias e é ressuspenso com o tráfego de veículos na Grande Vitória, como contribuição das empresas de Tubarão para a poluição do ar.

 A empresa

Em nota divulgada na manhã deste sábado (13), a assessoria de imprensa da  ArcelorMittal Tubarão informa que o auto de multa foi entregue pela Prefeitura Municipal de Serra ontem (12), às 20h50, sem o parecer técnico. Só após conhecer o relatório técnico que embasa o auto de multa a siderúrgica poderá dar mais esclarecimentos.

Comentários

Mais notícias

Crianças colocam fogo em decoração de Natal do Parque da Cidade

Um ato de vandalismo chamou atenção de quem passava pelo Parque da Cidade na manhã desta terça-feira (10). Trata-se de um Papai Noel de...

Depressão: Cães e gatos também sofrem com a doença

O Brasil é o país mais deprimido da América Latina, são quase 12 milhões de brasileiros sofrendo com a doença. Porém, quem pensa que...

Léo Dagaz, banda Pura Viva e outras atrações na agenda do Enseada Beach Club no sábado

Neste fim de semana começa a programação Enseada Beach Club – um novo conceito que promete animar e movimentar as tardes do verão de...

Deputados são contra aumento no Fundo Eleitoral, mas usaram dinheiro para campanha -veja valores

Em 2020 partidos políticos podem ter R$ 3.8 bilhões para gastar nas campanhas eleitorais. Isso porque, foi aprovado na Comissão Mista um relatório que...

Você também pode ler

Conteúdo patrocinado

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!