28.7 C
Serra
sábado, 22 janeiro - 2022
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Serra ganha cerco inteligente de câmeras para combater crime ao vivo

Leia também

Serra terá dois novos pontos de testagem de Covid-19 | Confira

Diante do crescente número de casos positivos de Covid-19 registrados nos últimos dias, a procura por testes aumentou e...

Avanço explosivo da Ômicron adoece 1.550 pessoas na Serra em 24h

A circulação da variante Ômicron em território capixaba tem causado um aumento explosivo de novos casos da Covid-19 na...

Serra volta para risco moderado e pode sofrer restrições devido ao avanço da Covid-19

Devido ao aumento de casos de coronavírus e mortes causadas por complicações da Covid-19, a Serra voltou a ser...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br
Gabriel Almeida é jornalista do Tempo Novo há mais de sete anos. Atualmente, escreve para diversas editorias do jornal.

O cerco eletrônico já começa a funcionar nesta semana. Foto: Divulgação

Com o objetivo de reduzir a criminalidade e ofertar mais segurança aos capixabas, o Governo do Estado anunciou, na tarde desta quinta-feira (13), a implantação do Cerco Inteligente de Segurança. O projeto é liderado pelo diretor do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito Santo (Detran-ES), Givaldo Vieira, e trata-se de um sistema de monitoramento veicular.

O cerco eletrônico já começa a funcionar nesta semana, com 17 pontos em todo o Espírito Santo, sendo sete situados na Serra. De acordo com Givaldo, o projeto será tratado como piloto, neste primeiro momento. O diretor afirma ainda que o cerco eletrônico possui a finalidade de otimizar as fiscalizações e ampliar o combate aos crimes de trânsito, ambiental, fiscal e de segurança pública.

O projeto será integrado, liderado pelo Detran e com a participação da Polícia Rodoviária e das prefeituras, com apoio das guardas municipais. “Este é o primeiro do Brasil a ser integrado desta forma; o Detran está liderando e, neste primeiro momento, serão sete pontos na Serra, de um total de 17 no ES. Funcionará como piloto até a chegada do restante dos equipamentos que estão sendo importados”, explicou Givaldo.

Foto: Divulgação

O diretor do Detran ainda explicou que os locais onde as câmeras serão instaladas não serão divulgados. A medida é uma forma preventiva para evitar problemas de segurança com os equipamentos e evitar ainda fuga de criminosos por outras rotas ainda não contempladas.

Entre os principais objetivos do cerco, estão: combate furto roubo de veículos, sonegação de impostos, controle de excesso de peso, transporte ilegal de rochas, de madeiras, monitoramento de veículos usados em crimes, placas clonadas, contagem de veículos para ações de mobilidade, fiscalização de cronotacografo, kit gás irregular, e uma infinidade de possibilidades. Haverá integração com Cerco da PRF e de Prefeituras.

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br
Gabriel Almeida é jornalista do Tempo Novo há mais de sete anos. Atualmente, escreve para diversas editorias do jornal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!