[secondary_title]

Serra é a segunda cidade do ES com mais acidentes envolvendo pipas na rede elétrica

- PUBLICIDADE-
pipas Serra
Os primeiros seis meses do ano, Vila Velha foi a cidade mais impactada com 17.993 clientes sem energia, seguida pela Serra com mais de 11 mil unidades consumidoras afetadas. Crédito: Divulgação

Com a chegada das férias escolares, e com as crianças com tempo de sobra para brincar, é necessário ficar atento a uma situação que pode levar a morte: soltar pipas, uma atividade divertida, mas que pode ser perigosa quando realizada próximo à rede elétrica.

De acordo com dados da EDP, distribuidora de energia elétrica do Espírito Santo, apenas este ano, mais de 49 mil clientes tiveram a energia interrompida devido a ocorrências de pipas enroscadas na fiação.

Cerca de 80% dos clientes que tiveram o fornecimento de energia interrompido por motivo de pipas na rede elétrica estavam na região da Grande Vitória. Nos primeiros seis meses do ano, Vila Velha foi a cidade mais impactada com 17.993 clientes sem energia, seguida pela Serra com mais de 11 mil unidades consumidoras afetadas.

Confira o balanço das cidades mais afetadas no primeiro semestre 

Cidade Número de clientes impactados
Vila Velha 17.993
Serra 11.370
Cariacica 7.182
Guarapari 1.668
Vitória 1.663
Cachoeiro de Itapemirim 1.638
Linhares 1.172
Viana 1.129
Guaçuí 1.034

 

Por isso, A EDP, distribuidora de energia elétrica do Espírito Santo, alerta para os cuidados necessários para evitar acidentes e prejuízos com a interrupção no fornecimento de energia.

O transtorno provocado por uma pipa que atinge a fiação é muito grande, podendo deixar hospitais, escolas, residências e empresas sem energia. Além disso, há o risco de ferimentos graves e até de morte para quem pratica esta brincadeira sem o cuidado com a segurança”, destaca o gestor da EDP, Filipe Lima.

Tecnologia

Em muitos casos, a tecnologia do Centro de Operações Integrado (COI) da EDP ajuda a reduzir o impacto aos clientes por meio de manobras automatizadas no sistema de distribuição de energia. Localizado em Carapina, na Serra, a distribuidora realiza o monitoramento 24 horas da rede elétrica, linhas de transmissão e suas subestações de energia.

Quando detectada alguma anormalidade, por meio do Centro de Operação é possível realizar o atendimento por meio de transferência automática da carga ao isolar o ponto de falha na distribuição ou, quando necessário, realizar o contato direto com as equipes de campo para reparo in loco. Ou seja, a tecnologia permite que o sistema isole automaticamente o trecho defeituoso e realize uma autoconfiguração para que não haja interrupção de energia no cliente ou para a região abastecida pela rede em questão.

Segurança

As linhas de pipas – com ou sem cerol ou produtos cortantes – causam desligamentos ao romper os cabos de energia e podem provocar curtos-circuitos ao ficarem presas na fiação. Além de causar acidentes com quem está soltando a pipa e a população ao redor.

No período de férias escolares, no qual há maior incidência desse tipo de ocorrência, a EDP intensifica o alerta e dá dicas de segurança:

Risco de choque: pipas que entram em contato com os fios elétricos podem causar choques graves e até acidentes fatais.

Desligamento de energia: o contato da pipa com a rede elétrica pode provocar interrupções no fornecimento de energia, afetando a comunidade.

Nunca use linhas com cerol: o “cerol” e a “linha chilena” são proibidos e aumentam o risco de acidentes. Ao cortar a camada protetora da fiação, a linha interrompe a transferência de corrente elétrica, podendo provocar curto-circuito.

Escolha locais adequados: solte pipas em espaços abertos, longe de postes e cabos elétricos, como parques e campos.

Evite vias movimentadas: empinar pipas perto de vias de grande circulação de veículos pode ser perigoso para quem está brincando e para terceiros, pois a linha da pipa pode ferir ciclistas e motociclistas, além do risco de atropelamento.

Evite resgatar pipas presas: se a pipa ficar presa nos fios, não tente soltá-la. Nunca use varas nem suba em postes, muros ou lajes para tirar uma pipa. Somente técnicos da distribuidora são treinados para manusear a rede.

Supervisão de adultos: crianças devem ser sempre supervisionadas por adultos enquanto brincam.

Em caso de ocorrências relacionadas à rede elétrica, nunca se aproxime do local. Entre em contato imediatamente com a EDP pelos canais: Aplicativo EDP Online, WhatsApp (27) 99772-2549, Agência Presencial de Atendimento ou Central de Atendimento: 0800 721 0707.

...

Mutirão vai emitir nova carteira de identidade de graça na Serra neste sábado

A Prefeitura da Serra realiza, neste sábado (27), um mutirão para emitir carteiras de identidade. O serviço será ofertado na edição do Serra+Cidadã, das...

Quer adotar um animalzinho? Sábado tem feira de adoção na Serra

Quem busca um animalzinho de estimação, poderá encontrar um companheiro bichano na Feira de Adoção de Pet, que acontece neste sábado (27), no Shopping...

Pagode agita bar em Laranjeiras no fim de semana

Point da galera que curte o bom e velho pagode, o 3ª Aula Tap House, em Laranjeiras, na Serra, preparou uma programação especial para...

Prouni abre 3.443 vagas para estudar de graça em faculdades no Estado; veja como se inscrever

O Programa Universidade para Todos (Prouni) está disponibilizando um total de 3.443 bolsas de estudo no Espírito Santo. Destas, 2.364 são bolsas integrais (100%)...

Meia Maratona dos Reis Magos EDP atinge mil inscrições e promete entrar no calendário esportivo da Serra

Anunciada no mês passado, a Meia Maratona dos Reis Magos EDP atingiu a marca de mil inscrições. O bom desempenho da adesão, considerando que...

Homem marca encontro, é sequestrado e obrigado a capinar quintal em churrasco de bandidos

Um homem foi sequestrado e obrigado a capinar um quintal e pintar paredes durante um churrasco de criminosos. Ele foi vítima da quadrilha especializada...

Apae da Serra inaugura ampliação de setor clínico com 20 novas salas de atendimento

A Apae da Serra, em Laranjeiras, vai inaugurar a obra de ampliação e reforma do setor clínico da instituição nesta terça (30), a partir...

Quase uma centena de serranos ganharam uma nova vida com transplantes de fígado

Mais de 90 moradores da Serra receberam uma nova chance de viver após serem submetidos a transplantes hepáticos. O procedimento complexo e vital tem...