Sem semáforo, moradores sofrem risco de atropelamento em frente a hospital da Serra

0
Sem semáforo, moradores sofrem risco de atropelamento em frente a hospital da Serra
Pedestres sofrem para conseguir atravessar a faixa. Foto: Gabriel Almeida

Os pedestres que passam diariamente em frente ao Hospital Estadual Dório Silva, em Parque Residencial Laranjeiras, sofrem para atravessar a Avenida Eudes Scherrer Souza – via que fica em frente a unidade hospitalar. Isso porque muitos motoristas não param na faixa de pedestre que fica no local e isso acaba deixando os moradores em risco de atropelamento.

A moradora da Serra, Heronilza Eler, entrou em contato com o TEMPO NOVO para realizar a reclamação. De acordo com ela, é necessária a implantação de um semáforo para que os pedestres possam atravessar a pista com tranquilidade.

“Sei que existe um projeto futuro ali, mas precisamos de uma solução imediata. É difícil para quem vai atravessar, ou pra quem vai entrar no hospital. Levo meus filhos para a escola todos os dias e sofro para atravessar ali. É um risco”, desabafa Heronilza Eler.

Ainda segundo a moradora, os motoristas não respeitam a faixa de pedestre que existe em frente ao hospital e quase nunca param. “Não para de passar carros em nenhum momento naquele lugar. Já foi pedido melhorias, mas sem retorno”, reclama.

Dório Ribeiro também costuma passar pela via com sua esposa. Ele também reclama que os carros nunca param no local. “É terrível passar por ali. Moro na região e temo pela minha vida, já que os carros nunca param e a gente fica lá sofrendo risco. Precisamos de alguma solução por parte da prefeitura”, disse.

Melhorias só no futuro…

A coluna entrou em contato com a Prefeitura da Serra que disse que a região já é sinalizada, mas várias melhorias serão realizadas por meio das obras da nova rotatória do Hospital Dório Silva. De acordo com a Prefeitura da Serra, haverá uma faixa elevada, que irá aumentar a segurança dos pedestres.

O município ainda não tem uma previsão para quando a obra será iniciada, disse que o projeto está em fase final de captação de recursos para que as obras tenham início.

Comentários