Seis mortos e mais de 12 mil doentes por dengue na Serra

0
Seis mortos e mais de 12 mil doentes por dengue na Serra
Uso de inseticidas por bombas costais está prejudicado, porque o Governo Bolsonaro deixou de enviar Malathion; mas combate segue com outros métodos. Foto: Everton Nunes

Os números de doentes por dengue na Serra não param de crescer. Só em 2019 já foram registradas mais de 12.300 pessoas infectadas e seis mortes pela doença na cidade. Mesmo assim, o município segue sem receber do Governo Bolsonaro o inseticida malathion, usado para combater o mosquito transmissor. As informações são da Secretaria Municipal de Saúde (Sesa).

Apesar da falta do inseticida, usado na aplicação com bombas costais em terrenos baldios, canais, borracharias e ferros-velhos, a Sesa afirma que segue combatendo o mosquito Aedes aegypti de outras formas. Lembrando que, além da dengue, o mosquito também transmite vírus da zika e chikungunya.

Segundo a assessoria da Sesa, a Prefeitura está fazendo mutirões de combate e agindo em locais com mais notificações de doentes, usando carro fumacê, fazendo visitas domiciliares e a locais estratégicos (ferros-velhos, borracharias, floriculturas), monitoramento de armadilhas, ações de educação, entre outras.

Dados da Sesa mostram que o aumento dos casos, em comparação ao mesmo período do ano passado, é de quase 2.270%. Neste ano, já foram 12.391, enquanto no ano passado foram apenas 524. Zika e chikungunya não tiveram nenhuma morte registrada, sendo confirmados, respectivamente, 73 e 28 casos na cidade em 2019. Os números se referem ao período de 1º de janeiro a 19 de junho.

A assessoria da Sesa acrescenta que foram ampliados os pontos de hidratação e coleta de exames, e os moradores podem, se tiverem prescrição médica, obter repelentes de graça nas Unidades Básicas de Saúde. Apesar dos números expressivos, a Sesa diz que nas duas últimas semanas houve diminuição nas notificações de casos de dengue, o que sugere uma tendência de queda nos registros.

A Sesa disse ainda que da próxima terça-feira (25) a sexta-feira (28), a prefeitura realizará a Semana de Combate à dengue em Nova Almeida. A ideia é mobilizar a população e eliminar os focos do mosquito. Entre as ações estão: abordagem aos comércios; vistorias às residências; telagem de caixas d’água; palestras em escolas; entre outros.

Comentários