Se correr o bicho pega

0

Ainda parece cedo para discutir nomes de pré-candidatos a vice-prefeitos da Serra, mas vai chegar o momento em que o prefeito Audifax Barcelos (Rede), que deve disputar a reeleição, terá que fazer a escolha para seu vice, com risco de significativa baixa no seu leque de partido aliados.

Se ficar o bicho come

Entre os partidos que gravitam em torno de Barcelos e são tidos pelo mercado político como eventuais parceiros em 2016 estão o PSB e o PMDB. A cúpula estadual socialista já deu sinais de que só caminha com Audifax se ocupar a vice na chapa do redista. Por outro lado, o PMDB, que tem como maior liderança na Serra o vereador Luiz Carlos Moreira, também emite sinais de que almeja a posição. Assim, caso a vaga de vice seja ocupada pelo PSB, há uma tendência de que Audifax possa perder o PMDB. E vice versa.

Babel socialista

Nem mesmo dentro do PSB há consenso sobre a aproximação com Audifax para prefeito da Serra. Durante reunião na cidade na última segunda-feira, com a militância do partido, o ex-vereador Dório Pantanal pediu a palavra e ameaçou sair do partido caso Bruno Lamas feche acordo sobre a vice da chapa encabeçada pela Rede. O seu pronunciamento recebeu o efusivo apoio de vários militantes presentes no encontro.

Pulga atrás da orelha

Isso porque a militância do partido está ressabiada com a indicação de Marcia Lamas, mãe do deputado Bruno, para a Secretaria Municipal de Educação (Sedu), costurada diretamente entre o prefeito Audifax e o deputado. Isso levantou a suspeita de que o Bruno poderia recuar da sua candidatura em favor de Barcelos rumo à prefeitura em 2016.

Sob nova direção

O advogado Ítalo Scaramussa toma posse na 17ª Subseção da Ordem dos Advogados do Brasil – Seção Espírito Santo, no próximo dia 27 de janeiro (quarta-feira), no Fórum da Serra. Advogado conceituado no município, Ítalo é especialista na área de direito civil e empresarial. Era vice-presidente na gestão anterior. O mandato na 17ª Subseção é de três anos e ele é um dos idealizadores da unidade da Serra.

 

Silêncio total

Só depois 11 meses à frente da Petrobrás, Aldemir Bendine, veio ao 2º maior petróleo do país, o Espírito Santo, para encontro com o governador Paulo Hartung na última quarta (20). Nem Bedine nem Hartung falaram sobre a saída do centro de distribuição da petroleira da Serra para Macaé, previsto para acontecer até abril, que deve resultar em uma baixa de mil postos de trabalho no município. Pelo menos publicamente.

Férias e Carnaval

 O prefeito Audifax Barcelos retornou do recesso na última quinta-feira (21), após dez dias de descanso, período em que o comando da cidade ficou sob a responsabilidade da vice-prefeita, Lourência Riani (PT). Já a Câmara de Vereadores retorna na quarta-feira (3), realiza uma única sessão, mas entra novamente em recesso de Carnaval até o dia 15 de fevereiro.

Comentários