Salário de até R$ 2,2 mil para professores no ProJovem Urbano

0
O ProJovem Urbano é direcionado para jovens entre 18 e 29 anos. Foto: Divulgação
O ProJovem Urbano é direcionado para jovens entre 18 e 29 anos. Foto: Divulgação

Desta sexta-feira (24) até a próxima terça-feira (28) estarão abertas as inscrições para contratação de professores para trabalhar no Programa ProJovem Urbano dentro do município da Serra. São oferecidas 14 vagas para professores das disciplinas do programa e para os professores de acompanhamento especial, as vagas serão preenchidas conforme necessidade.

Os salários oferecidos são de R$2,2 mil para todos os cargos, com carga horária semanal de 30h, exceto para o professor de Monitoramento e acolhimento de crianças de 0 a 8 anos de idade, cujo salário é de R$1,1 mil e a carga horária de 20h. O turno de trabalho é de 2ª a 6ª das 18 às 22h, mais 10 horas aos sábados ou a serem definidas pela coordenação.

O processo seletivo será simplificado, com análise de títulos e as inscrições feitas exclusivamente pela internet, no site www.serra.es.gov.br ou app.serra.es.gov.br/inscricao-sedu.

Há vagas para professores das seguintes disciplinas Língua Portuguesa (2); Língua Inglesa (2); Matemática (2); Ciências Humanas (2); Ciências da Natureza (2); além dos cargos de professor de Participação Cidadã (2); professor de Qualificação Profissional(2). Conforme surja necessidade, serão chamados também professor de Monitoramento e acolhimento de crianças de 0 a 8 anos de idade; professor para Atendimento Educacional Especializado – AEE; professor Tradutor/ Intérprete de Libras

Para saber sobre os pré-requisitos para cada cargo, é preciso ler o edital no link http://app.serra.es.gov.br/inscricao-sedu/arquivos/ed29.pdf

As inscrições estarão abertas das 09h de segunda (24) até as 17h da sexta (28).

Sobre o programa

O Programa ProJovem Urbano é uma parceria do Governo federal com o município para jovens entre 18 e 29 anos que saibam ler e escrever, mas que não concluíram o ensino fundamental. O Governo federal paga uma bolsa de R$100 para os alunos estudarem e o município arca com merenda e passagem dos alunos. Para quem criança, há cuidadores para que os pais estudem.

Comentários