29.2 C
Serra
segunda-feira, 13 de julho de 2020

Ribanceira começa a desabar e pode atingir casas na Serra

Leia também

Estudantes de empresa júnior da Ufes se unem e fazem currículos gratuitos para desempregados  

Para quem está desempregado, nem sempre é fácil elaborar um currículo para procurar uma oportunidade no mercado de trabalho,...

Com diminuição nos casos e óbitos diários, Serra registrou somente uma morte nas últimas 48 horas

Mesmo com o Espírito Santo ultrapassando a triste marca de duas mil mortes causadas pelo coronavírus no último domingo...

Sine da Serra vai dar curso e os melhores terão emprego garantido

A Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda da Serra (Seter), em parceria com uma empresa prestadora de serviço para...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Uma ribanceira do bairro José de Anchieta II começou a ceder na manhã desta sexta-feira (22), por conta das fortes chuvas que atingem o Espírito Santo. Os moradores da região entraram em contato com o TEMPO NOVO e temem que a terra atinja casas que ficam em baixo do barranco.

Andressa Rissari é uma das que mora próximo ao ponto crítico. Segundo ela, toda vez que chove a ribanceira desaba uma parte. “Além das casas que existem lá em cima. Temos o problema das residências que ficam na parte baixa. Caso caia uma grande quantidade de terra, pode afetar os moradores”, denuncia.

Barranco começou a deslizar. Foto: Andressa Rissari

Margarida Couto também mora na frente da ribanceira. De acordo com ela, o medo já toma conta da sua família. “Está muito perigoso. A terra está cedendo aos poucos, mas tenho medo que caia muito de uma vez. Precisamos de ajuda”, disse a popular.

Além dos deslizamentos, a região de José de Anchieta está sofrendo com diversos pontos de alagamentos. O valão que corta a comunidade transbordou e está invadindo as residências mais baixas.

O TEMPO NOVO entrou em contato com a Defesa Civil da Serra, através da assessoria de imprensa da Prefeitura, mas o Município ainda não se manifestou.

Comentários

Mais notícias

Com diminuição nos casos e óbitos diários, Serra registrou somente uma morte nas últimas 48 horas

Mesmo com o Espírito Santo ultrapassando a triste marca de duas mil mortes causadas pelo coronavírus no último domingo (12), neste final de semana...

Sine da Serra vai dar curso e os melhores terão emprego garantido

A Secretaria de Trabalho, Emprego e Renda da Serra (Seter), em parceria com uma empresa prestadora de serviço para uma siderúrgica, está oferecendo vagas...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!