17.7 C
Serra
terça-feira, 02 de junho de 2020

Rede insuficiente para drenar chuvas em Laranjeiras

Leia também

Casagrande anuncia novos leitos e não descarta medidas mais duras de distanciamento social

Na noite desta segunda-feira (1) o governador do Estado, Renato Casagrande (PSB), anunciou que nas últimas horas o Governo abriu...

Obra emergencial para mar não derrubar poste gera polêmica em Manguinhos

Na última semana a Prefeitura da Serra teve que fazer uma contenção emergencial para que um poste não fosse...

Segue tensão com técnicos e auxiliares de enfermagem no Jayme Santos

Não bastasse a carga de ter o maior número de doentes por covid-19 no ES pois é a referência...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

 por Anderson Soares

SUPERCHUVA DO DIA 30/10 - Serra ES
A água invadiu lojas da Avenida Central e residências da parte alta do Parque Residencial Laranjeiras e causou muitos prejuízos. Foto: Yuri Scardini

As fortes chuvas dos últimos dias trouxeram para os moradores e comerciantes da Avenida Central de Laranjeiras uma preocupação quanto aos alagamentos que têm se tornado frequente. Muitos se queixam de que a revitalização da avenida não incluiu obras de melhoramento das manilhas para escoamento da água da chuva e esgoto.

Segundo o eletricista e morador do bairro, José Carlos Rodrigues, os alagamentos ficaram mais frequentes logo após o alargamento das calçadas da Avenida Central. “Fizeram as calçadas, mas não se preocuparam em aumentar o tamanho das manilhas pluviais e fluviais”, afirmou o eletricista.

O presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas da Serra (CDL), Samuel Vale,avaliou que a infraestrutura das galerias pluviais e fluviais precisa ser readequada. “Ela foi feita para 10 mil pessoas,mas hoje já atendem mais de 50 mil. A infraestrutura dessa região precisa acompanhar o crescimento econômico”

O temporal que atingiu a Serra na quinta-feira (30 de outubro) causou prejuízo e destruiu várias mercadorias dos vendedores. Em diversos trechos havia água de chuva retida em pontos baixos da avenida e bueiros que não davam conta do volume de água.

 

O outro lado

Em nota, a Prefeitura da Serra informou que as obras de reestruturação urbana e revitalização em Laranjeiras estão em andamento, e que ao todo será investido R$ 40 milhões. Quanto aos alagamentos, a Prefeitura disse ainda que mais de 100 ruas entre vias principais e paralelas, recebem melhorias como a desobstrução das redes pluviais, e que toda drenagem é direcionada para os pontos mais baixos da região.

 

Fundos de vale – A Prefeitura não respondeu se o fato de dois fundos de Vale que estão sendo aterrados na região de Laranjeiras – um em frente à Biancogrês e outro que é a avenida Carolina no acesso para Colina de Laranjeiras – dificultam a drenagem das águas e favorecem alagamentos.

Comentários

Mais notícias

Obra emergencial para mar não derrubar poste gera polêmica em Manguinhos

Na última semana a Prefeitura da Serra teve que fazer uma contenção emergencial para que um poste não fosse derrubado pelo mar, que está...

Segue tensão com técnicos e auxiliares de enfermagem no Jayme Santos

Não bastasse a carga de ter o maior número de doentes por covid-19 no ES pois é a referência hospitalar para enfrentar a pandemia,...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!