Recuo nos assassinatos deixa Serra em 2º lugar no ranking da violência | Portal Tempo Novo

Serra, 24 de abril de 2019

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Cidade

Serra, 22 de março de 2019 às 10:00

Recuo nos assassinatos deixa Serra em 2º lugar no ranking da violência

Por Ana Paula Bonelli
[email protected]

 

Homem assassinado a tiros em plena luz do dia no bairro Vila Nova de Colares no último dia 1º de março. Foto: Divulgação

De 1º de janeiro até a última terça-feira (19), 43 pessoas foram assassinadas na Serra.  O número é 23% menor do que o registrado no mesmo período de 2018, quando 56 homicídios foram contabilizados na cidade. Os dados foram divulgados na quarta-feira (20) pelo Secretário de Defesa Social da Serra, Nylton Rodrigues.

A tendência de queda já havia sido notada no primeiro bimestre de 2019. Estatística publicada pela Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) aponta que, em janeiro e fevereiro, 29 pessoas perderam vida para a violência na cidade, contra 49 registros no mesmo período do ano passado.

A redução fez a cidade sair da liderança de casos de assassinatos no Espírito Santo, que no 1º bimestre ficou com Vila Velha, com 34 homicídios. A Serra agora é vice-líder do triste ranking, seguida por Cariacica (28 casos) e Vitória (17 casos). Nas outras cidades da Grande Vitória, foram 13 homicídios em janeiro e fevereiro: Viana com sete; Guarapari com cinco e Fundão com um. Em todo o estado, foram 204 assassinados nos dois primeiros meses deste ano.

Sobre a queda do número de assassinatos na Serra e a perda da liderança no ranking que a cidade dominava há anos, o secretário Nylton Rodrigues disse que, dentre as razões, está o trabalho das polícias na apreensão de armas e na prisão de homicidas. 

“No ano passado, a Serra já apresentou 45% de redução. Essa redução é fruto da integração de todos os atores do sistema de segurança pública: as polícias Civil e Militar; a Prefeitura da Serra; o Ministério Púbico e o Poder Judiciário. Destaco a Polícia Civil, identificando e prendendo os autores de crimes; a Polícia Militar, com suas abordagens e operações que retiram drogas e armas das ruas da Serra. Os trabalhos dessas instituições são articulados com o município por meio do Gabinete de Gestão Integrada Municipal (GGIM), que se reúne mensalmente para discutir e deliberar medidas de segurança pública”, avalia o secretário, que também é coronel da reserva da PM e já comandou o 6º Batalhão da PM e a Sesp.

Para Nylton, as políticas sociais e de infraestrutura urbana também colaboraram para o recuo. “Os investimentos do município em educação, geração de emprego e renda, projetos de inclusão social, limpeza pública, pavimentação, infraestrutura nos bairros, sinalização de trânsito, capacitação profissional, junto com os patrulhamentos preventivos da Guarda Civil Municipal, proporcionam ambientes organizados, que são mais seguros”, pontua.




O que você acha ?

Você é a favor do Escola sem Partido?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por