25 C
Serra
sábado, 25 de janeiro de 2020

Raposa no Galinheiro

Leia também

Câmara da Serra pode ganhar mais um vereador

Nova decisão da Justiça vai promover alterações na Câmara da Serra. O juiz substituto Leonardo Mannarino Teixeira Lopes, da...

PRTB elege nova diretoria e promete candidatura majoritária na Serra

Atentas ao calendário eleitoral 2020, lideranças do PRTB capixaba estão promovendo mudanças nos comandos da legenda em diversos município...

Exame de vista gratuito em Laranjeiras em fevereiro

No próximo dia 1 fevereiro (sábado), será realizado em Parque Residencial Laranjeiras, o projeto ‘Olhos do Bem’, que levará...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Quem vai comandar o Iema no ano que vem é Alaimar Fiuza. Ele foi anunciado pelo governador eleito Casagrande. Na ficha técnica enviada à imprensa diz: “Trabalhou em uma grande mineradora por mais de 30 anos”. A tal mineradora é a Vale, a maior poluidora da Grande Vitória, da qual o Iema será o responsável pela fiscalização e pela aplicação de multas.

Esse troféu eu não quero

Durante seu pronunciamento na tribuna da Câmara da Serra na sessão solene do Dia do Serrano, o prefeito da Serra Audifax Barcelos (Rede) se disse orgulhoso do avanço na área da Segurança. Ele lembrou que há 10 anos o município liderou o ranking de violência no Brasil, chegando a uma taxa de mais de 105 homicídios por ano em grupos de 100 mil habitantes. O prefeito completou afirmando que neste espaço de 10 anos a Serra saiu do topo da violência e “não está mais entre as 100 cidades mais violentas do Brasil” e nem entre “os 20 municípios mais violentos do ES”. Audifax elencou ações da prefeitura que contribuíram para a queda nos números de homicídios, como iluminação nos bairros, estruturação da Guarda Municipal e ações sociais nas comunidades.

Vale nada

No caso dos projetos sociais, o prefeito disse que em 2018 o município gastou R$ 25 milhões, e completou: “por exemplo, aquela Estação Conhecimento, você toma um susto quando vê o tamanho, até precisa divulgar mais, ali 100% é a prefeitura que banca”. Lembrando que a Estação Conhecimento é ligada à Vale, maior mineradora do mundo, e serve como um símbolo de uma suposta consciência social da empresa, mas que utiliza dinheiro público para operacionalizar os projetos, inclusive recursos que são obrigatoriamente abatidos do imposto de renda da empresa e destinados a fundos sociais que são redirecionados para a Estação Conhecimento. Além do repasse anual de R$ 1,1 milhão, a Estação Conhecimento recebeu mais R$ 400 mil de dinheiro público para um projeto chamado Vale Música.

Em busca do sucessor

Em sua fala, o prefeito Audifax também fez uma homenagem ao delegado de homicídios da Serra, Rodrigo Sandi Mori, que inclusive recebeu o título de Cidadão Serrano das mãos do vereador Guto Lorenzoni (Rede), braço direito de Audifax na Câmara. Chamou a atenção do público essa relação do prefeito com o delegado que pareceu bem próxima. Lembrando que o grupo do prefeito vem em busca de nomes ligados à segurança pública para sua sucessão. San Mori está acostumado com os holofotes, está sempre saindo em reportagens de TV, jornais e sites de notícias.

Um brinde com Cajuza

Após a sessão solene da Câmara, a casa do Cajuza vira o tradicional ‘point’ político. Esse ano, o governador eleito Renato Casagrande (PSB), esteve presente. Além dele, o deputado federal Lelo Coimbra (MDB), que deve comandar o Bolsa Família a partir de 2019, os deputados eleitos Bruno Lamas (PSB), Alexandre Xambinho (Rede), o vereador Guto Lorenzoni, a família Gomes, entre outros. A casa do Cajuza é campo neutro, lugar de descontração e as diferenças políticas não entram. Um brinde.

Ouro no céu

Na última quarta-feira (26) foi publicado no Diário Oficial do Estado um Extrato de Ata de Registro de Preços nº 034/2018 para a aquisição de 15 drones, modelos DJI/Matrice 210. Quem assinou foi o Secretário de Defesa Social Nylton Rodrigues, que foi anunciado para a pasta de Defesa Social da Serra em 2019. A empresa fornecedora será a Utramar Importação Ltda-EPP. A Sesp vai pagar R$ 164.000,00 em cada drone, totalizando um contrato no valor de R$ 2.460.000,00.

 

Comentários

Mais notícias

PRTB elege nova diretoria e promete candidatura majoritária na Serra

Atentas ao calendário eleitoral 2020, lideranças do PRTB capixaba estão promovendo mudanças nos comandos da legenda em diversos município capixabas. E as alterações se...

Exame de vista gratuito em Laranjeiras em fevereiro

No próximo dia 1 fevereiro (sábado), será realizado em Parque Residencial Laranjeiras, o projeto ‘Olhos do Bem’, que levará para os participantes exames de...

Chuvas | Serra antecipa limpeza de bueiros e valas

Áreas de instabilidade se intensificaram sobre o mar e avançaram para o Espírito Santo espalhando nuvens carregadas sobre algumas regiões do estado próximas do...

Cinquenta voluntários da Serra vão ajudar na limpeza de Iconha

Muitas doações de produtos de limpeza, alimentos e roupas estão chegando ao município de Iconha, devastado por chuvas que atingiram o sul do Espírito...

Você também pode ler

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem