• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 41.410 casos
  • 767 mortes
  • 40.067 curados
22.9 C
Serra
quinta-feira, 04 março - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 41.410 casos
  • 767 mortes
  • 40.067 curados
Tratamento de esgoto

R$ 37 milhões: Casagrande autoriza início das obras de ampliação da ETE Manguinhos, na Serra

Leia também

Festival Voadora terá 12 shows autorais com destaques da música capixaba  

Cento e oitenta e seis projetos foram inscritos para o processo de seleção do Festival Voadora, cujas apresentações acontecem entre...

Detran implanta exame teórico digital na Ciretran Serra Sede e facilita vida de moradores

O município da Serra receberá mais uma Sala de Exames Teóricos digital do Departamento Estadual de Trânsito do Espírito...

Vereador defende regulamentação do serviço de mototáxi na Serra

  Por meio do Projeto Indicativo de Lei 43/2021, o vereador Pablo Muribeca (Patriota) defende a regulamentação do serviço de...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Casagrande assinou a Ordem de Serviço. Foto: Divulgação

Foi assinada pelo governador Renato Casagrande, na manhã desta sexta-feira (12), a Ordem de Início de Serviço da obra de ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Manguinhos, na Serra. Serão aplicados cerca de R$ 34,4 milhões para beneficiar mais de 122 mil moradores dos bairros Carapebus, Bicanga, Ourimar, Jardim Limoeiro, Cidade Continental, São Diogo, Chácara Santa Luzia, Valparaíso, Laranjeiras e Manguinhos. A previsão é de que a obra seja concluída no primeiro semestre de 2023.

Durante o evento que marcou o pontapé para início das obras, Casagrande afirmou que a Serra é a locomotiva do Espírito Santo e destacou a quantidade de investimentos que tem feito na cidade.

“A Serra é a locomotiva do desenvolvimento do Estado. Já trabalhei na Serra e a conheci mais detalhadamente. Estamos fazendo investimento robustos na cidade. A realidade é que conseguimos levar, através da Parceria Público-Privada, a rede de esgoto para mais de 90% da área urbana do município. Temos ainda um conjunto grande de obras em outras áreas, como a reforma da Avenida Abido Saadi e a construção do Viaduto de Carapina, que vai ajudar a reduzir o gargalo no trânsito daquela região”, apontou.

Casagrande também citou a ampliação do serviço de saneamento em outros municípios capixabas: “A estrutura financeira da Região Metropolitana está resolvida para atendermos a Lei do Saneamento Básico. Temos recursos já garantidos para fazer o investimento em Cariacica e Viana. Antes de 2033 vão estar universalizados. A Cesan terá que resolver nos municípios onde temos contrato. Minha grande preocupação são os municípios que não têm contrato com a Cesan.”

O prefeito da Serra, Sergio Vidigal, participou da assinatura da Ordem de Serviço. “Investir em saneamento é investir na saúde e na vida das pessoas. Hoje assinamos junto com o Governo do Estado a Ordem de Serviço para ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto de Manguinhos, na Serra. A melhoria e modernização das estações têm o objetivo de garantir melhor qualidade de vida aos moradores da nossa cidade”, destacou.

De acordo com o diretor presidente da Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan), Carlos Aurélio Linhalis (Cael), a vazão atual da ETE Manguinhos é de 111 litros por segundo, atendendo 88 mil pessoas. Com essa obra, a estação vai mais do que dobrar a sua capacidade, chegando a 232 litros por segundo e vai beneficiar mais de 122 mil moradores. “Esse empreendimento antecipa a universalização do acesso ao serviço de coleta e tratamento de esgoto na cidade mais populosa do estado”, explicou.

Estiveram presentes na solenidade, o prefeito de Serra, Sergio Vidigal; o secretário de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente; os deputados estaduais Alexandre Xambinho e Vandinho Leite; a diretora do Departamento de Imprensa Oficial do Espírito Santo (DIO-ES), Madalena Santana; além de vereadores, secretários e lideranças comunitárias do município.

Dados da obra:

  • Ampliação da ETE Manguinhos

População atendida: 122.313

Investimento: R$ 34.479.422,00

Tempo de execução: 24 meses + 6 meses de operação assistida

Fonte de recursos: Cesan e Caixa Econômica Federal

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Saiba mais
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!