• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 57.848 casos
  • 1.210 mortes
  • 55.783 curados
24.7 C
Serra
quarta-feira, 12 maio - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 57.848 casos
  • 1.210 mortes
  • 55.783 curados
Tratamento de esgoto

R$ 37 milhões: Casagrande autoriza início das obras de ampliação da ETE Manguinhos, na Serra

Leia também

Em 24h, Serra perde mais 9 moradores para o coronavírus e registra 322 novos infectados

A Serra atingiu, no final da tarde desta quarta-feira (12), a triste marca de 1.210 moradores que morreram por...

Prefeitura da Serra abre 3.500 vagas para vacinação contra gripe nesta quarta

A Prefeitura da Serra, através da Secretaria Municipal de Saúde (Sesa), vai abrir 3.500 novas vagas de vacinação contra...

Parceria entre Prefeitura e Sebrae quer capacitar lideranças e contribuir para o turismo da Serra

Fortalecer municípios que possuem pontos turísticos no Espírito Santo. Esta é a intenção da parceria que o Sebrae está...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Casagrande assinou a Ordem de Serviço. Foto: Divulgação

Foi assinada pelo governador Renato Casagrande, na manhã desta sexta-feira (12), a Ordem de Início de Serviço da obra de ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto (ETE) Manguinhos, na Serra. Serão aplicados cerca de R$ 34,4 milhões para beneficiar mais de 122 mil moradores dos bairros Carapebus, Bicanga, Ourimar, Jardim Limoeiro, Cidade Continental, São Diogo, Chácara Santa Luzia, Valparaíso, Laranjeiras e Manguinhos. A previsão é de que a obra seja concluída no primeiro semestre de 2023.

Durante o evento que marcou o pontapé para início das obras, Casagrande afirmou que a Serra é a locomotiva do Espírito Santo e destacou a quantidade de investimentos que tem feito na cidade.

“A Serra é a locomotiva do desenvolvimento do Estado. Já trabalhei na Serra e a conheci mais detalhadamente. Estamos fazendo investimento robustos na cidade. A realidade é que conseguimos levar, através da Parceria Público-Privada, a rede de esgoto para mais de 90% da área urbana do município. Temos ainda um conjunto grande de obras em outras áreas, como a reforma da Avenida Abido Saadi e a construção do Viaduto de Carapina, que vai ajudar a reduzir o gargalo no trânsito daquela região”, apontou.

Casagrande também citou a ampliação do serviço de saneamento em outros municípios capixabas: “A estrutura financeira da Região Metropolitana está resolvida para atendermos a Lei do Saneamento Básico. Temos recursos já garantidos para fazer o investimento em Cariacica e Viana. Antes de 2033 vão estar universalizados. A Cesan terá que resolver nos municípios onde temos contrato. Minha grande preocupação são os municípios que não têm contrato com a Cesan.”

O prefeito da Serra, Sergio Vidigal, participou da assinatura da Ordem de Serviço. “Investir em saneamento é investir na saúde e na vida das pessoas. Hoje assinamos junto com o Governo do Estado a Ordem de Serviço para ampliação da Estação de Tratamento de Esgoto de Manguinhos, na Serra. A melhoria e modernização das estações têm o objetivo de garantir melhor qualidade de vida aos moradores da nossa cidade”, destacou.

De acordo com o diretor presidente da Companhia Espírito Santense de Saneamento (Cesan), Carlos Aurélio Linhalis (Cael), a vazão atual da ETE Manguinhos é de 111 litros por segundo, atendendo 88 mil pessoas. Com essa obra, a estação vai mais do que dobrar a sua capacidade, chegando a 232 litros por segundo e vai beneficiar mais de 122 mil moradores. “Esse empreendimento antecipa a universalização do acesso ao serviço de coleta e tratamento de esgoto na cidade mais populosa do estado”, explicou.

Estiveram presentes na solenidade, o prefeito de Serra, Sergio Vidigal; o secretário de Estado de Saneamento, Habitação e Desenvolvimento Urbano, Marcus Vicente; os deputados estaduais Alexandre Xambinho e Vandinho Leite; a diretora do Departamento de Imprensa Oficial do Espírito Santo (DIO-ES), Madalena Santana; além de vereadores, secretários e lideranças comunitárias do município.

Dados da obra:

  • Ampliação da ETE Manguinhos

População atendida: 122.313

Investimento: R$ 34.479.422,00

Tempo de execução: 24 meses + 6 meses de operação assistida

Fonte de recursos: Cesan e Caixa Econômica Federal

Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há seis anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!