25.5 C
Serra
terça-feira, 10 de dezembro de 2019

Qual é o peso do ex-deputado federal Manato na sucessão serrana de 2020?

Leia também

Emprego: Sine abre 101 vagas para início imediato na Serra

Os moradores da Serra que estão procurando uma oportunidade de emprego terão uma nova chance nesta quarta (11) e...

Polícia prende quatro homens por rombo de R$ 200 mil nos Correios

Na manhã desta quarta-feira (10) a Polícia Federal em parceria com a Polícia Militar identificou o possível esconderijo do...

Fortlev investe no mercado de energia solar

Líder nacional no mercado de caixas d’ água, inclusive com atuação até fora do país, a Fortlev acaba de...
Ronaldo Cassundéhttps://www.portaltemponovo.com.br
O publicitário e consultor político, Ronaldo Cassundé é autor da coluna 'Falação!'.

Ronaldo Cassundé é o autor da coluna Falação.

Carlos Manato é sem dúvidas um dos grandes líderes da política capixaba na atualidade! De 2002 a 2014, ele foi eleito deputado federal quatro vezes consecutivas. Em 2018, transferiu seus votos para a esposa, Drª Soraya, que assumiu uma das 10 vagas da bancada capixaba em Brasília.

Se este desempenho já era suficiente para lhe assegurar um lugar de destaque entre os pesos-pesados da cena estadual, soma-se ainda o fato dele ter ficado em segundo lugar na última eleição para governador. Além de manter interlocução privilegiada com o Presidente Jair Bolsonaro.

É relevante lembrar que Manato virou candidato ao Governo do Estado na última hora. Pois até então, o PSL havia apresentado a pré-candidatura do Coronel Foreste.

Isso torna comum as especulações sobre qual teria sido o resultado do pleito se o então articulador da candidaturaBolsonaro no Espirito Santo tivesse colocado sido lançadojá no início daquele ano, quando deixou o Solidariedade e ingressou em seu novo Partido.

Não é difícil deduzir que, se tivesse feito uma pré-campanha com mais antecedência, o então deputado federal Manato teria chegado ao segundo turno do pleito de 2018. Naquelas circunstâncias, marcadas pela força do fenômeno Bolsonaro, ele poderia ter vencido as Eleições e hoje seria governador do Estado.

Já sabemos que o “se” não joga! Então, é melhor deixar de lado as especulações sobre o passado e falar do presente! Ou dos dilemas do ex-deputado federal Carlos Manato na sucessão de 2020.

Morador de Vitória, o médico Carlos Manato veio trabalhar no município da Serra em 1986, quando passou num concurso do Hospital Dório Silva, do qual pouco tempo depois tornou-se diretor.

Em 1991, juntamente com outros médicos que atuava no município da Serra, Manato ajudou a criar o Grupo Metropolitano, que deu origem ao Hospital particular com o mesmo nome, localizado em Laranjeiras.

No início do segundo Governo do Prefeito Sérgio Vidigal, em 2001, Manato assumiu a Secretaria de Serviços da Serra. E logo em seguida, no ano de 2002, foi eleito deputado federal pela primeira vez e reconduzido ao cargo nos pleitos de 2006, 2010 e 2014.

É notório: mesmo tendo levado seu domicílio eleitoral de volta para a capital, Manato tem grande capacidade de interferir na política serrana. Juntamente com Vidigal e Audifax, ele é um dos três principais líderes projetados a partir da nossa cidade nos últimos 25 anos.

Com relação ao pleito de 2020, Manato afirma que não será candidato, seja na Serra ou em Vitória. Sua prioridade é fortalecer o Parido no Estado todo. Mas qual Partido?

Se por um lado, é presidente do PSL, por outro, já anunciou que estará engajado na coleta de assinaturas para a criação da “Aliança pelo Brasil”, agremiação a ser fundada sob a tutela do Presidente Jair Bolsonaro.

O próprio Manato admite ser pouco provável que o novo partido consiga disputar as Eleições de 2020. Então, os esforços eleitorais por enquanto serão mesmo encaminhados por dentro do PSL.

Na minha avaliação, o cenário de instabilidade partidária criado pelo presidente Jair Bolsonaro atrapalha os planos do ex-deputado federal. Há sinais de que tá faltando foco em frentes que deveriam ser prioritárias.

Existe o risco do ex-deputado federal desperdiçar o melhor momento da sua carreira, caso não consiga transformar seu prestígio em resultados objetivos nas urnas em 2020.

No município da Serra, a intervenção do PSL nesta fase de pré-campanha tem sido bastante tímida! A capacidade de interferência do seu Presidente estadual na sucessão local é muito maior do que o demonstrado até agora.

A pré-candidatura do deputado Tourino Marques à prefeitura da Serra tem potencial para “fazer barulho” e garantir a visibilidade do Partido junto ao eleitorado mais conservador da cidade.  Mas até agora, o que vimos foi só mais um nome anunciado, sem desdobramentos de maior relevo no tabuleiro serrano!

BURBURINHO

– A presidenta do PC do B no município da Serra, Cida Campos, está trabalhando pesado para garantir que o Partido tenha chapa completa de vereadores em 2020. Ela é aliada de primeira hora do ex-deputado Givaldo Vieira e conhecida por seu bom trânsito junto aos movimentos sociais de esquerda.

–  O deputado federal Sérgio Vidigal foi muito elogiado nas redes sociais pelo seu posicionamento na CCJ favorável à prisão em segunda instância. Segundo postagem do ex-prefeito da Serra, é preciso garantir mais celeridade na justiça e reduzir as instâncias para evitar a prescrição de casos.

–   No dia 24 de novembro haverá eleição para a Associação de Moradores do Bairro Vista da Serra I. O vereador Wellington Alemão compartilhou vários posts de campanha da chapa 2, encabeçada por Leo Gomes.

Comentários

Mais notícias

Polícia prende quatro homens por rombo de R$ 200 mil nos Correios

Na manhã desta quarta-feira (10) a Polícia Federal em parceria com a Polícia Militar identificou o possível esconderijo do grupo que estava assaltando agências...

Fortlev investe no mercado de energia solar

Líder nacional no mercado de caixas d’ água, inclusive com atuação até fora do país, a Fortlev acaba de entrar num outro negócio para...

WhatsaApp é principal fonte de informação do brasileiro, diz pesquisa

Uma pesquisa realizada pela Câmara dos Deputados e pelo Senado mostrou o WhatsApp como principal fonte de informação dos entrevistados: 79% disseram receber notícias...

Caixa começa a pagar décimo terceiro do Bolsa Família | Veja quando receber

Os beneficiários do Bolsa Família começarão a receber nesta terça-feira (10) o abono natalino, equivalente ao décimo terceiro do benefício. Instituído pela Medida Provisória...

Você também pode ler

Conteúdo patrocinado

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!