19 C
Serra
domingo, 31 de Maio de 2020

PSB e PPS vão virar um único partido

Leia também

Servidores da Serra podem realizar perícia médica por meio da internet

Enquanto os serviços seguem limitados em função da pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura da Serra está permitindo que...

Mais de 60 vagas de emprego no Sine da Serra na segunda (1)

Se você está procurando emprego o  Sine da Serra não está realizando atendimento presencial ao público, mas continua captando...

Em entrevista, Audifax fala sobre medidas de combate ao coronavírus na Serra

A Serra tem tomado uma série de medidas em combate ao coronavírus (Covid-19), que vão desde a distribuição de...
Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal, principalmente Economia e Meio Ambiente, das quais é o responsável.

Presidente estadual do PSB e deputado federal Paulo Foleto disse que a fusão deve  ficar pronta em 45 dias. Foto: Arquivo/TN
Presidente estadual do PSB e deputado federal Paulo Foletto disse que a fusão deve ficar pronta em 45 dias. Foto: Arquivo/TN

Por Conceição Nascimento

O flerte teve início em 2014, mas o primeiro passo foi dado na última quarta-feira (29), quando o Partido Popular Socialista (PPS) e o Partido Socialista Brasileiro (PSB) anunciaram a fusão, por meio de entrevista coletiva concedida pelos presidentes nacionais das siglas, Roberto Freire e Carlos Siqueira, respectivamente.

Caso seja confirmada a fusão, a nova legenda terá 792 mil filiados, quatro governadores, sete senadores, 45 deputados federais, 92 estaduais, 588 prefeitos e 5.831 vereadores, segundo dados dos dois partidos. O nome da nova agremiação ainda não foi definido, mas PSB40 é o que defende o grupo ligado ao PSB.

De acordo com o presidente estadual do PSB, deputado federal Paulo Foletto, o processo de fusão das legendas estará concluído em aproximadamente 45 dias. “Após a realização de encontros regionais e da assembleia nacional, com representantes dos dois partidos, quando será eleita a direção nacional”, disse.

O parlamentar acrescentou que a maioria das lideranças políticas do PSB no Estado está favorável à fusão. “Caminhamos juntos na eleição de Vitória e na disputa pelo Governo do Estado em 2014. A fusão vai resultar em um partido mais forte, que vai contribuir com a política capixaba”, avaliou.

Sobre o nome do novo partido, Foletto explicou que existem sugestões para que seja PSB40 ou PS40. “É uma discussão que ainda não finalizamos”, conta.

Já o presidente municipal do PPS, o ex-vereador João Batista Piol, pondera que é provável que haja divergências entre os filiados, em função do comando do novo partido. “Mas é uma boa proposta, pois o partido ficará mais forte. Entretanto precisamos entender como ficarão os comandos desse partido”, pondera.

No município

Na Serra, o PSB tem a prefeitura, com Audifax Barcelos, um deputado estadual, Bruno Lamas, e o vereador Antônio Boy do INSS. Entretanto, o vereador tem sido oposição ao prefeito do seu partido. Não há políticos com mandato filiados ao PPS no município.

 

Comentários

Mais notícias

Mais de 60 vagas de emprego no Sine da Serra na segunda (1)

Se você está procurando emprego o  Sine da Serra não está realizando atendimento presencial ao público, mas continua captando e oferecendo as vagas de...

Em entrevista, Audifax fala sobre medidas de combate ao coronavírus na Serra

A Serra tem tomado uma série de medidas em combate ao coronavírus (Covid-19), que vão desde a distribuição de máscaras e kits de limpeza...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!