25.2 C
Serra
domingo, 20 de setembro de 2020

Prefeitura inicia projeto piloto para complementar limpeza urbana na cidade

Leia também

Moradora da Serra pede ajuda para continuar cuidando de animais resgatados de maus-tratos

Cuidar de um animal muitas vezes é difícil para algumas pessoas, agora imagine cuidar de 25 cães e ainda...

Serra despenca no ranking de qualidade da educação inicial e não bate meta do Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado nas últimas semanas, aponta uma significativa queda da Serra no...

Homem é morto a tiros no meio da rua em Serra Dourada III

Os moradores de Serra Dourada III tomaram um baita suto na madrugada desta sábado (19). É que um homem...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

O projeto piloto começou na Serra-Sede e foram instalados 18 equipamentos. Foto: Divulgação PMS

Restos de comida, fraldas e absorventes, papel higiênico, folhagens, bitucas de cigarro e papel sujo. A Serra-Sede foi o bairro escolhido para fazer parte do projeto piloto da Prefeitura da Serra que tem como objetivo complementar a limpeza urbana e a coleta de lixo na cidade.

O município instalou 18 novos contentores de lixo úmido (orgânico e não reciclável) que receberão descarte deste tipo de material  a qualquer hora do dia, e não somente próximo ao horário de passagem dos caminhões coletores.

Com capacidade para 1.000 litros, os contentores são exclusivos para os detritos orgânicos, como restos de alimentos e embalagens sujas e úmidas, que devem ser depositados no equipamento em sacos plásticos fechados.

Por meio da Assessoria de Comunidade da Prefeitura da Serra, o secretário de Serviços, Igor Elson de Almeida, o principal benefício é evitar a proliferação de insetos e atração de roedores. “Além de agilizar a coleta também propicia mais organização e melhorias até em termos de saúde para os moradores”, afirma.

Vale ressaltar que é proibido o descarte de restos de obras. Nesse caso, é necessário contratar uma empresa fornecedora de caçambas (para grandes quantidades) e tem de dar uma destinação correta para o entulho. Volumes abaixo de 15 sacos de ráfia podem ser levados para as Áreas de Transbordo e Triagem (ATT): uma em Novo Porto Canoa e outra em Barcelona.

Comentários

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Mais notícias

Serra despenca no ranking de qualidade da educação inicial e não bate meta do Ideb

O Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), divulgado nas últimas semanas, aponta uma significativa queda da Serra no ranking estadual da qualidade educacional...

Homem é morto a tiros no meio da rua em Serra Dourada III

Os moradores de Serra Dourada III tomaram um baita suto na madrugada desta sábado (19). É que um homem foi assassinado por volta das...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!