27 C
Serra
quinta-feira, 23 de janeiro de 2020

Prefeitura faz demolição de imóveis que serviam como ponto de tráfico em Anchieta

Leia também

Inscrições prorrogadas para vagas de cuidador com salário de R$ 1.039

Foram prorrogadas as inscrições para o processo seletivo simplificado para a contratação de cuidador, que irá atuar junto aos...

Cheiro Moreno aposta na mistura de ritmos para ganhar público capixaba

Formada há 21 anos em Nova Viçosa, na Bahia, e atualmente sediada no Espírito Santo, a banda Cheiro Moreno...

Serranos se unem para ajudar atingidos pelas chuvas, veja como colaborar

Muitos municípios capixabas foram castigados pelas fortes chuvas que atingiram o Espírito Santo nos últimos dias. E pensando em...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

A Prefeitura da Serra demoliu os imóveis. Foto: Divulgação

Após a reclamação de moradores sobre um terreno abandonado na entrada de José de Anchieta, a Prefeitura da Serra realizou a demolição dos imóveis abandonados na entrada do bairro José de Anchieta. Os espaços estavam sendo usados para descarte irregular de lixo e até ponto de tráfico de drogas.

Conforme noticiado pelo TEMPO NOVO, o terreno é do Governo Federal e o Município está tentando viabilizar a doação de toda a área para que seja feitas melhorias na entrada da comunidade. Enquanto isso não acontece, a Prefeitura teve a autorização para demolir os imóveis e limpar toda a área.

No ano passado, a Justiça desocupou a área e determinou a posse ao Governo Federal por conta de uma ação que tramitou por décadas. Após a desocupação, moradores tiveram que conviver com o aumento de assaltos na região, já que o espaço está abandonado.

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura, após a demolição, será realizado o recolhimento dos entulhos e o serviço deve ser finalizado até o fim desta semana. Segundo o prefeito da Serra, Audifax Barcelos, a autorização para a demolição e limpeza do local chegou na última semana.

“Assim que recebemos a autorização da Superintendência do Patrimônio da União, começamos os trabalhos no terreno. Estamos atendendo a solicitação dos moradores de José de Anchieta. Essa ação tem como objetivo trazer mais segurança à população do bairro”, explicou Audifax.

Comentários

Mais notícias

Cheiro Moreno aposta na mistura de ritmos para ganhar público capixaba

Formada há 21 anos em Nova Viçosa, na Bahia, e atualmente sediada no Espírito Santo, a banda Cheiro Moreno se destaca pela rica mistura...

Serranos se unem para ajudar atingidos pelas chuvas, veja como colaborar

Muitos municípios capixabas foram castigados pelas fortes chuvas que atingiram o Espírito Santo nos últimos dias. E pensando em ajudar as famílias afetadas, algumas...

Serra é a segunda cidade onde mais choveu em seis horas

Sem dar longas tréguas, a chuva continua castigando os capixabas. Na noite da última quarta-feira (22) e madrugada desta quinta-feira (23), a Serra foi...

Emprego: 73 vagas de trabalho abertas na Serra

A quinta-feira (23) está recheada de oportunidades de trabalho. No Sine da Serra, estão abertas 73 vagas de emprego para diversos cargos. As chances...

Você também pode ler

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem