• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 63.562 casos
  • 1.352 mortes
  • 61.622 curados
20.7 C
Serra
sábado, 12 junho - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 63.562 casos
  • 1.352 mortes
  • 61.622 curados

Prefeitura e ativistas vão remover pedra com risco de cair sobre trilha no Mestre Álvaro

Leia também

Ministro de Bolsonaro cita a Serra e divulga vídeo da obra do Contorno do Mestre Álvaro

Na última sexta-feira (11) o ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas publicou um vídeo em suas redes sociais,...

Atenção: Serra ainda tem vagas para vacinas de Covid (1° e 2° dose) e Influenza

A Prefeitura Municipal da Serra, por meio da secretaria de Saúde, informa que das vagas abertas nesta sexta-feira (11),...

Serra retoma aulas presenciais para 14 mil alunos do 6º ao 9º ano e EJA

  As atividades para os alunos da rede municipal de educação da Serra que estão cursando entre o 6º e...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

O local onde há o risco de deslizamento da pedra foi sinalizado com fita zebrada. Foto: Divulgação/Rodrigo Roger/Grupo de Proteção Ambiental Mestre Álvaro

Neste domingo (13) a Prefeitura da Serra irá retirar, com ajuda de ativistas ambientais, a pedra que corre risco de desabar sobre a trilha de Furnas, um dos pontos usados por aventureiros para acessarem o topo do Mestre Álvaro.

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura da Serra o trabalho começará às 7 h. A pedra deverá ser rolada até uma depressão do terreno que fica nas proximidades onde não haverá mais risco de deslizamento. E para desprender a rocha do solo, serão usadas apenas cavadeiras e enxadões.

Em declaração divulgada pela assessoria de imprensa da Prefeitura, a  Chefe da Divisão de Administração de Unidades de Conservação da Secretaria de Meio Ambiente, Danielle de Aquino, disse que a remoção é necessária para manter a segurança das pessoas que fazem trilha no local.

Por conta do risco de deslizamento da pedra e da possibilidade dela atingir pessoas que eventualmente estejam passando pela trilha, a Defesa Civil já havia recomendado suspensão da utilização da Trilha de Furnas, acessada a partir da região de Jardim Tropical, até que a situação seja solucionada. Ainda de acordo com a assessoria, participarão da ação dos trabalhos de remoção membros das ong’s Guardiões do Mestre e Amigos do Mestre Álvaro.

Lado do Mestre Álvaro onde fica a trilha de Furnas. Foto: Arquivo TN/Bruno Lyra/ 17 – 03 – 21

Caso a remoção tenha sucesso, a expectativa é a de que a trilha possa voltar a ser utilizada com segurança. O Mestre Álvaro é uma Área de Proteção Ambiental (APA) que atualmente está sob a responsabilidade da Prefeitura da Serra. E além da trilha de Furnas, possui outras muito utilizadas por aventureiros: as trilhas Norte, Três Marias e Pitanga

Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!