23.7 C
Serra
sábado, 16 outubro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 71.679 casos
  • 1.485 mortes
  • 69.752 curados

Prefeitura abre inscrição para novos membros do Conselho de Cultura da Serra | Veja como participar

Leia também

Câmara da Serra lança campanha para arrecadar e distribuir absorventes íntimos

A discussão sobre pobreza menstrual mobilizou a Mesa Diretora da Câmara da Serra. O presidente da Casa, vereador Rodrigo...

Serrana consegue anular dívida de R$ 14 mil após procurar ajuda no Procon-Ales

Com base na Lei 11.353, de autoria do deputado Vandinho Leite, que diz que moradores atuais das residências não...

Vidigal anuncia programa para castração e recolhimento de cães e gatos no município

O prefeito da Serra, Sérgio Vidigal, anunciou na tarde desta sexta-feira (15) que está criando, por meio da secretaria...
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

As inscrições são gratuitas e poderão ser realizadas na Setur e na Biblioteca e Centro Cultural Carlos Correia de Loyola, em Valparaiso. Foto: Divulgação

O Conselho Municipal de Cultura, por meio da Secretaria Municipal de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer (Setur) está convocando representantes culturais da Serra, como artistas e produtores para participarem da eleição de composição do Conselho Municipal de Cultura da Serra (CMCS). O edital foi publicado na quarta-feira (21), do Diário Oficial do Município.

O secretário Municipal de Turismo, Cultura, Esporte e Lazer, Thiago Carreiro, falou sobre a importância de um Conselho atuante no município.

“A cultura é uma importante ferramenta de oportunidades, transformação e inclusão. Com a nova Lei Chico Prego e também com a certeza que o fortalecimento da cultura local tem impacto no desenvolvimento do cidadão, da cidade e do Turismo, estamos iniciando um novo ciclo onde a cultura da Serra será protagonista. Para que isso aconteça precisamos de um Conselho Municipal de Cultura atuante e que represente de fato a diversidade cultural da Serra e alcance tanto as linguagens tradicionais quanto modernas como Slam, grafite, movimento underground, hip hop, novas mídias, entre outros, os quais a juventude do município possui grande expressividade”, ressaltou.

Thiago também falou sobre a Lei Chico Prego, de acordo com ele a Lei é o instrumento de fomento a cultura Serrana

“Nesses primeiros seis meses do mandato, tem sido uma das prioridade da nossa gestão com apoio da Controladoria e Procuradoria da Prefeitura da Serra colocamos o passivo em ordem e nas próximas semanas ao lado do prefeito e da Câmara, apresentaremos a proposta da Nova Chico Prego. O futuro conselho terá um papel fundamental para a implementação dessa política pública”, afirmou.

As inscrições são designadas aos interessados a participar do processo eleitoral para composição das câmaras do Conselho Municipal de Cultura.  O mandato tem a duração de dois anos, indo até 2023.

As inscrições são gratuitas e poderão ser realizadas na Setur e na Biblioteca e Centro Cultural Carlos Correia de Loyola, em Valparaiso.  As inscrições acontecem no período do dia 23 a 30 de julho, das 9 às 17 horas. O requerimento para inscrição pode ser retirado no site da Prefeitura e também nos locais de inscrições.

Terezinha Machado Pimentel, Congueira e Festeira no município da Serra, também falou sobre o assunto. Ela destacou que o Conselho Municipal de Cultura é uma instância de representação legalmente instituída, deliberativa, consultiva e fiscalizadora sendo um órgão auxiliar de importância nas construções das políticas públicas desenvolvidas no município da Serra.

Gabriel Costa Nadipeh, é músico, cineasta e presidente estadual da Central Única das Favelas do Espírito Santo (Cufa). Ele reforçou que o município é muito rico culturalmente.

“A Serra é um município gigante em território e população e é riquíssimo em talentos artísticos e culturais, por isso é preciso também se tornar gigante no segmento cultural e o Conselho de Cultura tem um papel fundamental nesse processo de acompanhar, discutir e propor políticas públicas de cultura”, falou.

No total, o Conselho é composto por sete câmaras culturais, sendo elas: Artes cênicas, musicais, audiovisuais, plásticas, literatura, folclore, artesanato, patrimônio histórico, cultural,  arquitetônico e natural. Cada uma com um representante titular, um suplente e um colaborador, escolhidos por votação.

Antônio Martins, fundador e diretor do Centro Cultural Elizário Rangel, também falou sobre a importância do Conselho no município.

“Entendo que o Conselho, quando atuante, democrático e representativo, tem o caráter estratégico nas estruturações das políticas públicas culturais. Acredito que o Conselho deva representar a diversidade que é própria da cidade, fazendo, pela representação social, frente às forças conservadoras e reativas que tentam, por vezes, deslegitimar e pormenorizar a cultura. Um conselho de cultura ativo e plural é um indicador de saúde cultural da cidade”, disse.

Compõem também o Conselho Cultural, um representante indicado pela Setur, pela Câmara Municipal de Vereadores e pela Federação das Associações de Moradores da Serra (Fams) .

Veja edital e as fichas para inscrição:

Ficha para conselheiro - CMC Serra

Ficha para eleitor - CMC Serra

ELEIÇÃO CONSELHO DE CULTURA 2021-2023 Finalizado

Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!