25.5 C
Serra
quinta-feira, 04 de junho de 2020

Praia Mole pode ganhar parque natural marinho

Leia também

Conta de luz | Bandeira tarifária permanecerá verde até dezembro

A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) decidiu manter a bandeira verde acionada até 31 de dezembro de 2020....

Serra reduz burocracia para mais dez negócios

Clínicas médicas, odontológicas e veterinárias, mesmo com procedimento cirúrgico, entre outras atividades de baixo impacto ambiental, agora estão dispensadas...

Coronavírus: 676 profissionais de saúde da Serra já foram contaminados

Dos 2.887 casos confirmados da Covid-19 na Serra, 676 são de profissionais da saúde, que trabalham na linha de...
Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal, principalmente Economia e Meio Ambiente, das quais é o responsável.

Aspecto da Praia Mole: Parque quer ampliar proteção da área e estimular ecoturismo. Foto: Divulgação/Seama

Foi protocolado na Câmara de Vereadores, na último dia 03 de junho, o projeto de lei para criar o Parque Natural Marinho Praia Mole. O autor do projeto é o vereador Guto Lorenzoni (Rede). Pelo menos parte da área que pode receber a nova reserva já integra a Área de Proteção Ambiental (Apa) Estadual de Praia Mole.

Segundo Guto, o objetivo da proposta é ampliar a preservação no local, uma vez que parque é mais restritivo que Apa para uso dos recursos naturais. Na prática, uma Área de Proteção Ambiental permite atividades humanas com potencial degradador; já um parque, não.

“A ideia é proteger a praia, os corais e parte do oceano. Tenho a informação de que o local é muito frequentado por baleias. Com o parque, será viável a construção de um centro de visitante”, argumenta o vereador.

O parlamentar acrescentou que um parque municipal serviria para trazer recursos de compensação ambiental de Vale e Arcelor MittalTubarão, cujo complexo industrial/portuário é vizinho a Praia Mole. Hoje esse dinheiro fica com a APA Estadual Praia Mole, que, por ser um modelo de unidade de conservação com menor proteção, tem dificuldade para aplicar esses recursos em ações efetivas de preservação e recuperação ambiental na região.   

Guto explicou que se inspirou ao visitar um amigo surfista da região – o vereador também pegou onda na juventude -, que o levou até a Praia Mole, quando refletiram sobre a beleza cênica e riqueza da biodiversidade que ainda existe no local.

A Praia Mole fica no extremo sul do litoral da Serra e é vizinha do Complexo de Industrial de Tubarão (Vale e ArcelorMittal), de quem recebe impactos ambientais.

Comentários

Mais notícias

Serra reduz burocracia para mais dez negócios

Clínicas médicas, odontológicas e veterinárias, mesmo com procedimento cirúrgico, entre outras atividades de baixo impacto ambiental, agora estão dispensadas de licenciamento na Serra. A Secretaria...

Coronavírus: 676 profissionais de saúde da Serra já foram contaminados

Dos 2.887 casos confirmados da Covid-19 na Serra, 676 são de profissionais da saúde, que trabalham na linha de frente do combate à doença....

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!