18.8 C
Serra
quinta-feira, 28 de Maio de 2020

Por coronavírus, Serra amplia prazo para licenças ambientais e recursos de multas

Leia também

Fábio Duarte, escolhido por Audifax para ser o seu sucessor, fala um pouco da sua história

Administrar uma Prefeitura como a da Serra, o município mais populoso do Estado, não é para qualquer um. Suceder...

Destruição da Mata Atlântica reduz no ES, mas cresce em outros estados

Em tempos onde Brasília age abertamente para reduzir a proteção ambiental no país, uma boa notícia para os capixabas....

Polícia Rodoviária apreende 1.440 caixas de cervejas sem nota fiscal na Serra

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu uma carga de caminhão com 1.440 caixas de cervejas sem nota fiscal na...
Bruno Lyrahttps://www.portaltemponovo.com.br
Repórter do Tempo Novo há mais de 10 anos, Bruno Lyra escreve para diversas editorias do portal, principalmente Economia e Meio Ambiente, das quais é o responsável.

Região do Civit II, uma das que mais concentra empreendimentos na Serra. Foto: Divulgação

Em função das dificuldades impostas pela pandemia de coronavírus, a Prefeitura da Serra decidiu por ampliar, por tempo ainda não determinado, o prazo para vencimento das licenças ambientais e também para entrada de recursos por parte de empreendimentos que foram autuados por alguma inconformidade. Não estão incluídas na decisão apenas os prazos e obrigações para embargos e interdições.

O anúncio da adoção das medidas foi publicado na última quinta-feira (18), através da portaria Nº 15 da Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma). Em declaração divulgada pela assessoria de imprensa, a secretária da pasta, Áurea Almeida, disse que objetivo é para dar mais tranquilidade ao empreendedor que já está licenciado e instalado no município e precisa se dedicar à produção e movimentação da economia durante período tão difícil. “A contagem dos prazos agora está suspensa, até que se normalize essa questão da saúde”, disse.

Segundo Áurea, a contagem dos prazos volta a ser retomada no primeiro dia últil após a revogação da Portaria.

A assessoria de imprensa da Prefeitura informou que durante a vigência do Decreto Municipal Nº 5.884/2020, estarão suspensos os seguintes prazos:

– Cumprimento de Notificação para regularização da atividade mediante a apresentação do requerimento de licenciamento ambiental.

– Pedido de renovação de licença ambiental, em observância ao prazo antecedente aos 120 (cento e vinte) dias do respectivo vencimento.

– Interposição de defesa/impugnação administrativa contra auto de infração ambiental e ou recurso face a decisão da Junta de Avaliação de Recursos de Infração Ambiental/JAR.

– Para protocolo do pedido de Licença Municipal de Regularização para as atividades que, embora não tenham pugnado pela renovação da licença antes dos 120 (cento e vinte) dias do seu vencimento, estejam com sua respectiva licença válida quando publicada esta portaria.

– Protocolo de cumprimento das condicionantes fixadas em licença ambiental.

– Para apresentação de Plano de Recuperação de Área Degradada/PRAD.

– Não se aplicam as disposições desse artigo aos Autos de Embargo/Interdição.

Comentários

Mais notícias

Destruição da Mata Atlântica reduz no ES, mas cresce em outros estados

Em tempos onde Brasília age abertamente para reduzir a proteção ambiental no país, uma boa notícia para os capixabas. Houve redução de 31% na...

Polícia Rodoviária apreende 1.440 caixas de cervejas sem nota fiscal na Serra

A Polícia Rodoviária Federal (PRF) apreendeu uma carga de caminhão com 1.440 caixas de cervejas sem nota fiscal na madrugada desta quarta-feira (27), no...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!