• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.690 casos
  • 967 mortes
  • 48.401 curados
24 C
Serra
terça-feira, 13 abril - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.690 casos
  • 967 mortes
  • 48.401 curados

Polícia prende trio que estava fazendo arrastão em Limoeiro

Leia também

CPI dos Maus-Tratos irá ouvir homem suspeito de golpear cadela com facão na Serra

O homem suspeito de dar golpes de facão na cabeça de uma cadela na Serra será ouvido pela CPI...

Em apenas 24 horas, Serra perde mais 11 moradores para o coronavírus e atinge 967 óbitos

Um dado estarrecedor do pico da pandemia causada pelo coronavírus – em maio de 2020– voltou a assombrar os...

Serra começa a vacinar policiais e guardas municipais contra o coronavírus nesta quarta

A Prefeitura da Serra, através da Secretaria de Saúde da Serra (Sesa), iniciará a vacinação dos trabalhadores da força...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Na noite da última quinta (09), quatro criminosos colocaram terror nos moradores dos bairros de Jardim Limoeiro e Novo Horizonte. Dos homens, três deles eram maiores de idade: Mateus Souza Mendes, 19 anos, Moisés Santos de Andrade, de 18 e Patrick Santos Rocha de 21 anos. O quarto integrante era um menor de 15 anos. Todos foram apreendidos pela polícia em Jardim Limoeiro.

O quarteto é suspeito de fazer um arrastão da avenida Norte Sul na altura do Atacado do Carone, passando por Novo Horizonte até a rua Belo Horizonte, em Limoeiro.

Um morador da região que preferiu não se identificar disse que a sensação de insegurança no bairro é constante. “A polícia passa bem pouco por aqui, a gente até fica na frente dos condomínios conversando, só que quando vem alguém estranho já ficamos apreensivos, com medo”, conta ele.

Os homens foram parados e presos pela Polícia Militar na rua Belo Horizonte, que concentra um aglomerado de condomínios residenciais: Parque dos Pinhos I, II e II, Vila da Serra e Vila do Mestre.

Segundo populares quatro viaturas da PM almejaram os rapazes. “Disseram que os caras vieram fazendo um arrastão, pegando todo mundo que vinha pela frente deles. Seríamos os próximos, mas a polícia impediu”, destaca o morador que não quis se identificar.

Questionada sobre a falta de policiamento a Polícia Militar informou que o patrulhamento é feito diuturnamente na região. Além do patrulhamento preventivo, de forma estratégica, ainda são realizados os cercos táticos e as abordagens aos coletivos, táxis e pedestres. 

A PM reforça a importância do acionamento de uma viatura em casos de suspeita ou ocorrência de crime por meio do 190 e também do registro na delegacia para que a Polícia Civil investigue o caso.

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!