23.2 C
Serra
quarta-feira, 20 de novembro de 2019

Polêmica: deputado diz que vai dar R$ 10 mil a quem matar acusado de homicídio

Leia também

Capixabas participam da convenção do partido de Bolsonaro, em Brasília

Um grupo de capixabas está em Brasília para participar da primeira convenção do Aliança pelo Brasil, partido do presidente...

Serranos participam de seletiva de Vôlei Adaptado em Vitória

Eles têm 50, 60 e até 70 anos, mas, com uma vitalidade de dar inveja em muito marmanjo por...

Ministério público pede perda de mandato e de direitos políticos para Geraldinho Feu Rosa

Vereador de primeiro mandato, Geraldinho pode ter que ficar cinco anos sem disputar as eleições
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Capitão Assumção é deputado estadual. Foto: Divulgação

O deputado estadual Capitão Assumção (PSL) utilizou o plenário da Assembléia Legislativa para oferecer R$ 10 mil a quem matar um homem que é acusado de assassinar a capixaba Maiara de Oliveira Freitas, de 26 anos. A jovem foi morta na madrugada desta quarta-feira (11) em frente a sua filha de quatro anos.

O crime aconteceu no bairro Antônio Ferreira Borges, em Cariacica. Maiara estava no quarto de sua casa com sua filha de quatro anos quando foi assassinada. Com a repercussão do caso, o deputado ficou “indignado” com a morte da jovem e fez um discurso durante uma sessão que aconteceu na Ales.

O capitão, que já é conhecido por projetos de leis polêmicos, disse que iria tirar o dinheiro do próprio bolso e entregar para quem matasse o suposto assassino, mas afirmou que quem matasse deveria mostrar o morto para ele.

“A jovem assassinada. Eu quero ver quem vai correr atrás para prender este vagabundo. Tiro R$ 10 mil do meu bolso para quem mandar matar esse vagabundo. Ele não merece ficar vivo. Não vale dizer onde está localizado, tem que entregar morto, aí eu pago. Essas (…) não podem ficar vivas”, disse o Assumção. Após sua fala, alguns deputados ficaram indignados com a situação.

Comentários

Mais notícias

Serranos participam de seletiva de Vôlei Adaptado em Vitória

Eles têm 50, 60 e até 70 anos, mas, com uma vitalidade de dar inveja em muito marmanjo por aí. Esses são os vovôs...

Ministério público pede perda de mandato e de direitos políticos para Geraldinho Feu Rosa

Vereador de primeiro mandato, Geraldinho pode ter que ficar cinco anos sem disputar as eleições

Erick Musso escreve um ciclo de independência da Assembleia e responsabilidade com o ES

Artigo de Opinião do Jornal Tempo Novo   Em meio a uma articulação para antecipar a eleição da mesa diretora, o presidente da Assembleia Legislativa, Erick...

Rotina: jovem é assaltada na Serra às 4h da manhã indo trabalhar

https://youtu.be/Lo_QtrFaxyg Assaltos a pontos de ônibus e a qualquer hora do dia. Quem mora em Nova Carapina II está tendo que conviver com este problema...

Você também pode ler

Comentários
javascript:void(0)
close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!