32.4 C
Serra
terça-feira, 07 de abril de 2020

PL de Magno Malta se une a Pros e PRB e mira Prefeitura da Serra

Leia também

Instituto prevê chuva e vento forte na Serra

Após dias de muito calor, o restante da semana dos capixabas devem ser de chuva e ventos fortes nas...

Tire suas dúvidas sobre o auxílio emergencial de R$ 600 do Governo Federal

O governo começa a pagar na quinta-feira (9) a primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 para pessoas...
Maria Nascimento
Maria Nascimento é repórter do Tempo Novo há mais de 15 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal, principalmente para a de Política.

Miguel Maia aposta em um candidato do PRB. Foto: Divulgação

Após voltar às origens, o Partido Liberal, antes Partido da República, está se reorganizando para disputar as eleições 2020. A legenda sofreu um revés em 2018, após o seu líder maior no Estado, Magno Malta, famoso por emplacar temas polêmicos nas agendas do Senado, não se reeleger. O partido se viu então na missão de se reinventar no Estado.

O PL tem na Serra 586 filiados, que se reúnem a cada 15 dias. A legenda participa de debates juntamente com o Pros e o PRB, visando as eleições 2020, especialmente na região da Grande Vitória. As informações são do presidente do PL na Serra, Miguel Maia.

“Estamos construindo com o PRB e o Pros um projeto para a Prefeitura da Serra. Mais à  frente vamos debater quem será o candidato; se Amaro Neto (PRB) ou Alexandre Xambinho (Rede). Não tenho nenhuma conversa com o PSDB e nem restrição ao nome de Vandinho Leite. Na majoritária o candidato da minha preferência deveria vir do PRB, portanto Xambinho ou Amaro”, disse Miguel.

Ele acrescentou que está mobilizado a militância para formar a chapa proporcional e que a legenda tem como meta eleger dois representantes para a Câmara da Serra. “Vamos montar uma chapa proporcional, preciso ter 34 candidatos, incluindo 11 mulheres. Estou caminhando para isso”, comentou.

 

 

Comentários

Mais notícias

Tire suas dúvidas sobre o auxílio emergencial de R$ 600 do Governo Federal

O governo começa a pagar na quinta-feira (9) a primeira parcela do auxílio emergencial de R$ 600 para pessoas inscritas no Cadastro Único (CadÚnico)...

Está proibido corte por inadimplência de alguns serviços essenciais durante pandemia

Sabemos que esse período de isolamento tem sido necessário para que possamos reduzir a curva de propagação do vírus. Trabalhadores e empresários vêm sofrendo,...

Prefeitura diz que moradores podem denunciar comércios abertos por telefone

Por conta da pandemia do novo coronavírus, a abertura de comércios considerados não essenciais está proibida na Serra e em outras cidades capixabas. Mesmo...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem