• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.593 casos
  • 705 mortes
  • 34.297 curados
26.1 C
Serra
segunda-feira, 25 janeiro - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 35.593 casos
  • 705 mortes
  • 34.297 curados

Pedestres sofrem com ponte caindo aos pedaços em Jacaraípe

Leia também

Vereadores aproveitam o recesso para enviar solicitações de serviços à Prefeitura da Serra

Antes mesmo do início das atividades em plenário, vereadores da Serra já apresentaram projetos, requerimentos de informações e indicações...

Roubo de cabos da OI, em Pitanga, deixa moradores sem internet

Moradores do bairro Pitanga, que fica na região rural da Serra, estão sofrendo com os constantes roubos de cabos...

Findes oferece 9 vagas de emprego para a Grande Vitória e tem oportunidade para professor

A Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes) está com vaga de emprego abertas para a Grande Vitória, Aracruz,...
Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

Vanderlei Berguer sofre ainda mais pois tem problema de locomoção. Foto: Joatan Alves
Vanderlei Berguer sofre ainda mais pois tem problema de locomoção. Foto: Joatan Alves

Joatan Alves

Moradores dos bairros São Pedro e São Patrício que ficam na região da Grande Jacaraípe cobram a recuperação da  ponte que liga os dois bairros e está com parte do piso solto oferecendo risco para quem a utiliza.

Rosiane Santos, moradora antiga do bairro São Pedro, conta que a ponte foi construída há mais de doze anos e necessita de reparos. “Ela está oferecendo risco para nós que levamos nossos filhos a escola e vamos ao supermercado. Se uma criança cai ali pode morrer afogada ou pegar uma doença”, desabafa.

Morador de São Patrício, Fábio Silva Ribeiro destaca que a ponte é utilizada por mais de 500 pessoas que passam pelo local durante o dia. “Principalmente crianças que vão a creche e a escola, além de idosos e gestantes. Se for usar outro caminho que não seja a da ponte temos que dar uma volta de mais de 2 km para fazer o mesmo destino”.

Para Vanderlei Berguer a situação é ainda pior. Isto porque ele possui problemas de locomoção. “Eu tenho que me arriscar porque se for dar a volta fica muito cansativo”.

A Prefeitura da Serra por meio de nota informou que a substituição de chapas do piso será realizada ainda nesta semana. Paralelo a essas intervenções, está em análise incluir a construção de uma nova ponte no local.

Ana Paula Bonellihttps://www.portaltemponovo.com.br
Moradora da Serra, Ana Paula Bonelli é repórter do Tempo Novo há 25 anos. Atualmente, a jornalista escreve para diversas editorias do portal.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!