[secondary_title]

Para Rodrigo Caldeira, investigação é legítima e acusações do prefeito são “calúnias”

- PUBLICIDADE-
Caldeira nega que tenha feito pedido e diz que Audifax está muito preocupado com investigações. Foto: Gabriel Almeida

Conceição Nascimento/
Gabriel Almeida/ Yuri Scardini

Apontando legitimidade para investigar o prefeito e insinuando que Audifax está “muito preocupado”, o presidente da Câmara da Serra, Rodrigo Caldeira (Rede), se defende das acusações. Ele afirma que “não existe” crime organizado no município e que este é um movimento de 16 vereadores que “acordaram”. Salientou, ainda, que “não há interferência externa” dentro da Câmara.

A reportagem do Tempo Novo ouviu o parlamentar na última quarta-feira (03). Questionado sobre as afirmações de que haveria se instalado uma rede de crime organizado no Legislativo municipal, ele diz se tratar de “ataques de calúnia”.

“Depois que nós instalamos a CPI (da Saúde), o prefeito veio para cima de nós, 16 vereadores. Hoje, o ataque de calúnia e difamação é virado para mim, até por estar na presidência. Não existe crime organizado; nós só estamos fazendo o nosso papel, que é fiscalizar. Os vereadores acordaram e, pelo jeito, ele (Audifax) está muito preocupado com as investigações. Será que o crime organizado não está instalado lá? Nós vamos fiscalizar e esperamos que não tenha nada. Mas se tiver alguma coisa, vai ter que pagar”, dispara Caldeira. 

O presidente nega que tenha feito pedidos para interferir na PPP do Lixo e em favor de uma empresa para receber um pagamento prescrito. “De maneira nenhuma. Ele (Audifax) falou que já tomou as medidas na Justiça; então, ele que prove na Justiça. Vamos aguardar”. 

Perguntado se as denúncias de supostas irregularidades fiscais feitas pelo motorista Daniel Ribeiro Luz teriam embasamento para abrir oito frentes de investigação, Caldeira disse que cabe ao prefeito se defender. “Quanto a ex-assessor, motoristas… Isso eu desconheço. Eu sei que foi um morador que chegou e fez a denúncia. Então nós pegamos, acatamos, jogamos no plenário e foi aprovado. Cabe a ele se defender”, avaliou.

Na última terça-feira (02), a juíza Telmelita Guimarães suspendeu as comissões de investigação na Câmara, apontando irregularidades nos ritos legais.

A reportagem questionou se haveria interferência externa nos movimentos de investigação ao prefeito e citou o ex-deputado e ex-conselheiro afastado do Tribunal de Contas, Marcos Madureira, que foi candidato a deputado estadual em 2018 com apoio de Caldeira e do grupo de vereadores.

“Olha só, eu apoiei Madureira politicamente, como alguns outros vereadores, inclusive o líder do prefeito (Luiz Carlos Moreira). Então, eu não tenho relação nenhuma com ele. Relação de amizade, de trocar telefone, de conversar, nenhuma. Isso não procede; é um monte de conversa fiada, falácias”, finalizou. 

...

Carreta bate em poste e complica trânsito na Serra

Um acidente envolvendo uma carreta complicou o trânsito de quem passou pelo Terminal de Laranjeiras, na Serra, na manhã deste sábado (13). Uma das...

Confira a programação gratuita de férias no Museu Vale na Serra

Com a chegada da segunda semana de julho, começam as férias escolares de inverno. Pensando nisso, Tempo Novo encontrou uma nova programação para os...

Segundo suspeito de matar instrumentador cirúrgico é preso na Serra

Um jovem, de 19 anos, foi preso dentro de uma barbearia no bairro Planalto Serrano, na Serra, no final da tarde desta sexta-feira (12)...

Eleições 2024: conheça Fred e seus projetos como vereador da Serra

  Eleito com 2.157 votos, Marlon Fred, o Fred (PDT), é mineiro de nascimento, serrano de coração. Ele nasceu na cidade de Montes Claros/MG, em...

Festa junina no Eliziário Rangel promete alegrar o sábado em São Diogo

Neste sábado (13), o Centro Cultural Eliziário Rangel, em São Diogo, na Serra, promove sua festa julina, das 17h às 21h. O evento, que...

Serra abre novas vagas de cursos gratuitos no Senac; veja como se inscrever

Os moradores da Serra têm agora mais oportunidades para ingressar no mercado de trabalho ou iniciar seus próprios negócios. A Prefeitura da Serra, em...