Palmito para torta capixaba à venda na Serra a partir de R$ 25 | Portal Tempo Novo

Serra, 24 de abril de 2019

Portal Tempo Novo - O Portal da Serra, ES

Geral

Serra, 16 de abril de 2019 às 11:13

Palmito para torta capixaba à venda na Serra a partir de R$ 25

Por Ana Paula Bonelli
[email protected]

Um dos principais pontos de venda do produto na Serra, é entre o Terminal de Laranjeiras e o Epa Supermercado. Foto: Gabriel Almeida

A Semana Santa está chegando e o palmito, principal ingrediente do prato preferido do capixaba nesta época do ano, a torta capixaba, está sendo vendido em quatro pontos na Serra.  

A venda acontece em Laranjeiras, ao lado do Terminal do Transcol, na entrada do bairro Jardim Limoeiro; na entrada de Nova Almeida; e na Serra-Sede, ao lado da Igreja Matriz. A comercialização é permitida das 6 às 23 horas.

O principal ponto de comércio do produto na Serra, é em Laranjeiras. O valor varia de R$ 25 a R$ 50 a peça e pode ser pago em dinheiro ou em cartão de crédito ou débito.

Vendedor de palmitos há 30 anos, Faustino Palmeira Martins é baiano e tem boa expectativa de venda do produto. “Todos os anos estou aqui neste mesmo local. Comercializo o produto até por R$ 25. Tudo é negociação”, conta Faustino, que está vendendo o produto em Laranjeiras. Ele frisa que quanto mais perto da Sexta-feira da Paixão, mais caro o produto fica. 

Ricardo Oliveira Santos também vem da Bahia para vender o palmito na Serra. “Sempre venho ao estado para vender o produto e nossa expectativa é a melhor possível. Estamos aqui todos os dias para atender o capixaba e entregamos o palmito limpo e pronto para o consumidor fazer sua torta capixaba”, conta o vendedor que frisa que todo o produto vem também da Bahia.

Moradora de Porto Canoa, Maria do Carmo Pereira, é uma das serranas que já garantiu o produto para fazer a tradicional torta capixaba. “Sempre trago o palmito direto da roça. Mas este ano resolvi comprar por aqui mesmo. Viajar para buscar ficaria mais caro. Eu já garanti o meu e vou fazer a torta para toda a família”.

De Bicanga, Rosângela dos Santos Barreto Ribeiro é nordestina, mas capixaba de coração e disse que a torta capixaba não pode faltar em sua mesa. “Todo ano compro. Sou nordestina, mas minha sogra é capixaba da gema e ela não fica sem sua torta. Ela tem 82 anos e nós fazemos a torta juntos, eu, meu marido e ela”.




O que você acha ?

Você é a favor do Escola sem Partido?

Ver Resultados

Carregando ... Carregando ...

Veja também

Portal Tempo Novo

Rua Euclides da Cunha, 394 - sl 103 e 104 - Laranjeiras, Serra, ES

CEP:29165-310 - Tel: 27 3328-5765

Todos os direitos reservados ao Jornal Tempo Novo © Desenvolvido por