• CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.377 casos
  • 956 mortes
  • 48.328 curados
28.4 C
Serra
terça-feira, 13 abril - 2021
  • CORONAVÍRUS NA SERRA:
  • 50.377 casos
  • 956 mortes
  • 48.328 curados

Orquestra Camerata Sesi se une a cantores nacionais e locais para homenagear o samba

Leia também

Rodoviários impedem retorno do Transcol e deixam população sem ônibus nesta terça

A terça-feira (13) começou com grandes dificuldades para quem depende do transporte público nas cidades da Grande Vitória, inclusive...

Feu Rosa registra 41 mortes e já possui 1.932 moradores infectados pelo coronavírus

Sendo uma das comunidades mais afetadas pela pandemia de coronavírus na Serra, Feu Rosa segue contabilizando altos números de...

Mais 5 moradores morrem de coronavírus em 24h e Serra se aproxima das mil mortes

Um dado estarrecedor da pandemia de coronavírus está prestes a assombrar os moradores da Serra. Trata-se da possibilidade da...
Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

A apresentação será on-line e foram convidados artistas de peso do cenário local e nacional, como a cantora Mart’nália e Herlon Fera do Banjo, ex-vocalista do Grupo Raça. Foto: Victor De Prá 44

O Sesi Cultura ES fará uma bela homenagem a um dos ritmos mais importantes da cultura brasileira com a live “É Samba Clássico”. O concerto irá ao ar neste sábado – 06 de março, às 20h, no canal do Youtube da Orquestra Camerata Sesi. Para isso, foram convidados artistas de peso do cenário local e nacional, como a cantora Mart’nália e Herlon Fera do Banjo, ex-vocalista do Grupo Raça. O palco do espetáculo é o Teatro do Centro Cultural Sesi, localizado em Jardim da Penha, Vitória.

“A ideia de montar esse concerto veio da falta que o Carnaval fez para o Brasil neste ano, devido a pandemia de Covid-19. Ficamos com essa lacuna de uma das festas mais populares do país, que saúda o samba, e nos faz muita falta. Então, resolvemos resgatar o samba desde o início”, conta o gerente de Cultura do Sesi ES, Marcelo Lages.

No repertório, hits de grandes compositores e intérpretes como Ary Barroso, Nelson Gonçalves, Pixinga, Cartola, Martinho da Vila e Zeca Pagodinho. Tudo dentro de um roteiro histórico sobre o ritmo.

“Quando estava montando o roteiro do espetáculo, senti que estava faltando alguém também com o peso do samba, com a raiz do samba encrostada, que trouxesse essa história junto. Então veio a Mart’nália. Filha do Martinho da Vila, veio da Vila Isabel, de onde saiu o Noel Rosa e tantos outros, um dos berços do samba no Rio de Janeiro. Fizemos um resgate mesmo e trouxemos pessoas da atualidade que tem o samba no DNA”, explica Marcelo sobre os convidados nacionais.

Para Mart’nália, o convite para participar do projeto veio como um “grande presente” neste tempo de pandemia. “É muito legal estar aqui, tocando junto com uma orquestra, homenageando o samba. Foi um presentão que eu ganhei. Essa é uma forma que nós temos de continuar nosso trabalho, ficar próximo da alegria e do público. Também é uma forma de levarmos nossa música, nosso samba, fazer esse resgate do Carnaval para quem está em casa. Fico muito agradecida de estar aqui”, comentou.

Entre os cantores locais convidados estão: Dona Fran, Ekaterina Bessmertnkva, Elaine Vieira, Priscila Ferrari, Thiago Brito e Raimundo Machado.

Redação Jornal Tempo Novo com informações de assessoriahttps://www.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!