26.1 C
Serra
quinta-feira, 29 de outubro de 2020

Opinião TN: E se o paraquedas de Bolsonaro não abrir?

Leia também

Vereador quer instituir o Dia Municipal do Rock

  A 17 dias das eleições municipais e pouco mais de dois meses para o fim dos mandatos dos  atuais...

Veja reação dos candidatos à pesquisa Enquet/TN de eleição para prefeito

Na manha desta quinta-feira (29), os eleitores da Serra puderam conferir os resultados da pesquisa Enquet/TN – que foi...

Justiça proíbe inaugurações na Serra após Audifax citar slogan de Fábio em evento

Acusado de ter feito propaganda eleitoral durante a entrega de uma obra na Serra, o prefeito Audifax Barcelos (Rede)...
Eci Scardini
Fundador do Jornal Tempo Novo, Eci Scardini também escreve para editorias do portal.

Presidente Jair Boslsonaro. Foto: Agência Brasil

Dia 21 de março, no último sábado, o presidente Jair Bolsonaro completou 65 anos. Nessa idade era para ele já ter entrado na fase da maturidade. Aquela na qual a pessoa é mais reflexiva, os ânimos mais brandos; é mais conciliadora, entre outras características próprias da idade. Mas não; Bolsonaro age como se estivesse ainda no estado de natureza, que antecede ao estado de direito, quando se quer resolver tudo por meio de força física.

Desconsiderando-se a parte sociológica e filosófica do comportamento do presidente, vale questionar o que há de oculto nas entrelinhas dessas falas sobre a pandemia.
Bolsonaro parece copiar o presidente norte-americano, Donald Trump. Tudo que ele fala e faz lá; Bolsonaro reproduz aqui. Os dois únicos chefes de estado do mundo que esnobam o coronavírus; mesmo com os números alarmantes sobre a pandemia.

Outra observação: Bolsonaro não é sozinho, alguém o ajuda a formular as idéias e os discursos; tanta asneira não é só da cabeça dele não. É notório que no mesmo andar do gabinete do presidente, no Palácio Alvorada, há o ‘gabinete do mal’. Esta sala é uma espécie de departamento só para pensar o mal, produzir conteúdo voltado para o mal e combater o mal com o mal. Parlamentares de Brasília afirmam que são três rapazes e o filho do presidente, Carlos, vereador pelo Rio de Janeiro.

É latente que o presidente não entende nada de saúde e sobre o que fala da pandemia.
A vida de atleta a que se referiu Bolsonaro, para justificar que não é uma gripezinha que vai lhe abater ficou para trás há muito tempo.

Vamos fazer uma conta. Bolsonaro tem 65 anos; foi deputado federal por sete mandatos, que dão 28 anos, mais um na presidência, são 29 anos de política. Ele se aposentou como capitão do Exército aos 36 anos, provavelmente entre 1990/1991, na função de paraquedista.

Antes mesmo de se aposentar, provavelmente Bolsonaro não dava um salto de paraquedas há bom tempo; tendo em vista que ele passou a ser um militante político dentro do Exército. Então, de atleta ele não tem mais nada. Portanto, se pegar um vírus qualquer, o que o salvará não é o seu vigor físico e sim um médico. Se Deus assim permitir.
Mas, os quase 15 anos do PT e sua trupe à frente do poder fez cair de paraquedas, no colo de Bolsonaro, a Presidência da República e ele, de paraquedas caiu no Palácio do Planalto.

Bolsonaro tem um boeing nas mãos mas não sabe pilotar; seus copilotos são uns trapalhões, e a aeronave está sem rumo.

Será que nessa altura da idade, Bolsonaro ainda sabe saltar de paraquedas? E se o paraquedas não abrir?

Eci Scardini
Fundador do Jornal Tempo Novo, Eci Scardini também escreve para editorias do portal.

Mais notícias

Veja reação dos candidatos à pesquisa Enquet/TN de eleição para prefeito

Na manha desta quinta-feira (29), os eleitores da Serra puderam conferir os resultados da pesquisa Enquet/TN – que foi o primeiro levantamento eleitoral contratado...

Justiça proíbe inaugurações na Serra após Audifax citar slogan de Fábio em evento

Acusado de ter feito propaganda eleitoral durante a entrega de uma obra na Serra, o prefeito Audifax Barcelos (Rede) está proibido, pela Justiça Eleitoral,...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!