25.5 C
Serra
sexta-feira, 25 de setembro de 2020

Opinião: professora diz que retorno às aulas é irresponsabilidade e vai expor profissionais e alunos ao coronavírus

Leia também

Serra registra 131 novos casos de Covid-19 em 24 horas

Serra registrou 131 novos casos de pessoas contaminadas com o novo coronavírus nas últimas 24 horas, segundo dados do...

Em perseguição na Abdo Saad, em Jacaraípe, polícia recupera moto roubada

Na noite da última quinta-feira (24), policiais militares que faziam ronda recuperaram uma  moto roubada, Honda - modelo CG...

Prefeitura vai entregar obras do Hospital Materno Infantil neste sábado (26)

As obras do Hospital Materno Infantil Drª Maria da Glória Merçom Vieira Cardoso serão entregues neste sábado (26), às...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Para professora e sociólogo, retorno às aulas é irresponsável. Foto: Agência Brasil

* Fabíola dos Santos Cerqueira | Professora de Sociologia da rede estadual

* Hilton Dominczak | Sociólogo

Nos últimos cinco meses, desenvolvemos Pesquisas com alunos do Ensino Médio de uma escola da rede estadual do município de Serra/ES, com o objetivo de criar um canal de interlocução com esses estudantes, durante a suspensão das aulas em virtude do isolamento social imposto pela pandemia do novo coronavírus. A pesquisa mais recente, “A pandemia e o retorno à escola”, foi realizada entre os dias 23 de junho e 13 de julho, ou seja, dentro do período considerado letivo e, talvez por essa razão tenha sido a pesquisa com maior adesão dos estudantes das três séries do Ensino Médio, mas ainda uma tímida adesão.

Nessa Pesquisa constatamos que mais da metade (55%) das residências dos estudantes tem entre 4 e 5 pessoas, o que aumenta o risco de contaminação. A maioria das famílias (61%) tem renda famíliar de até dois salários mínimos e necessita sair diariamente para o trabalho, ficando dessa forma mais expostas ao vírus. Essas famílias não tem oportunidade de fazer o isolamento social;  a hashtag  “#fiqueemcasa” não vale para essas famílias.

Em suas respostas, os estudantes fizeram várias críticas ao governo, diante do anúncio de uma possível data de retorno à escola, por entenderem que não há possibilidade de evitar aglomeração no ambiente escolar, ou mesmo no trajeto entre suas residências e a escola, no transporte público. Sobre o retorno à escola, rejeitam as aulas presenciais sem que haja vacina, o que garantiria a segurança dos estudantes e professores; rejeitam também as atividades não presenciais como letivas, pois acreditam que os estudantes que não têm acesso serão prejudicados.

O retorno às aulas presenciais, a nosso ver, é irresponsável e expõe trabalhadores, estudantes e suas famílias ao vírus. A pressão feita pelos donos de escolas particulares começa a surtir efeito, levando o governo estadual a cogitar e a planejar o retorno das aulas presenciais para setembro. Há uma estabilidade no número de mortes provocadas pelo covid 19 no estado, no entanto, a pandemia ainda não acabou, ainda não há vacina e nem mesmo medicamento para cura, ou seja, a pandemia não está controlada e abrir escolas significa mais pessoas nas ruas e nos transportes públicos (que continuam cheios). Não há sequer menção a testagem de professores e alunos. A portaria conjunta SEDU/SESA Nº 01-R, de 08 de agosto de 2020, mostra que o governo joga nas mãos da comunidade escolar a responsabilidade pelo controle da doença na escola.

Num momento em que todos nós tememos ser contaminados pelo coronavírus e contrair a doença Covid-19, identificamos na Pesquisa, que também para os estudantes a preservação da vida não se sobrepõe ao desejo frenético de dar continuidade ao ano letivo 2020, assim como seguir com a flexibilização das mais diversas atividades econômicas, buscando uma “normalidade” que não mais existe.

O texto não é de responsabilidade do TEMPO NOVO, mas sim dos autores do artigo de opinião. 

Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Mais notícias

Em perseguição na Abdo Saad, em Jacaraípe, polícia recupera moto roubada

Na noite da última quinta-feira (24), policiais militares que faziam ronda recuperaram uma  moto roubada, Honda - modelo CG Titan de cor azul. A ação...

Prefeitura vai entregar obras do Hospital Materno Infantil neste sábado (26)

As obras do Hospital Materno Infantil Drª Maria da Glória Merçom Vieira Cardoso serão entregues neste sábado (26), às 9h30, em Colina de Laranjeiras....

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

close-link
close-link
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!