31.9 C
Serra
terça-feira, 28 de janeiro de 2020

Óleo não é visto nas praias da Serra há 12 dias, diz Prefeitura

Leia também

Instituto alerta para risco de mais chuva forte no ES

Pode chover forte nas cidades capixabas, incluindo a Serra, durante a tarde e noite desta terça-feira (28). O alerta...

Ribanceira com risco de desabar tira o sono de moradores na Serra

O problema é antigo, mas continua sem nenhuma solução. Uma ribanceira do bairro José de Anchieta II, na Serra,...

Contarato é vítima de Fake News sobre estar na Colômbia e diz que vai processar responsáveis

Está circulando nas redes sociais um boato da qual diz que o senador Fabiano Contarato (Rede) durante este período...
Redação Jornal Tempo Novohttp://WWW.portaltemponovo.com.br
O Tempo Novo é da Serra. Fundado em 1983 é um dos veículos de comunicação mais antigos em operação no ES. Independente, gratuito, com acesso ilimitado e ultra regionalizado na maior cidade do Estado.

Segundo a Secretaria Municipal de Meio Ambiente (Semma), o óleo que contamina a costa das regiões nordeste e sudeste do país não é visto nas praias da Serra há 12 dias. A informação foi divulgada na tarde de quinta-feira (28) pela assessoria de imprensa do órgão.

A Semma também informou que pediu à Cesan adoção de medidas preventivas para evitar a contaminação das águas do Reis Magos, que abastece 150 mil pessoas nas regiões de Serra Sede e Civit I. É que há risco de o rio ser contaminado pelo óleo, uma vez que as águas do mar entram no manancial pela foz, em Nova Almeida, e seguem até o ponto de captação da Cesan em Putiri 13 km acima.

No entanto, acrescenta a Semma, não foram constatadas manchas de óleo no rio. O órgão não soube informar se a Cesan continua usando as águas do Reis Magos ou se as substituiu pelo líquido coletado no rio Santa Maria, uma vez que os dois sistemas são interligados. Vale lembrar que, em outubro, a Cesan mandou água salobra para moradores atendidos pelo rio Reis Magos.

A reportagem acionou a concessionária, que não se manifestou até o fechamento desta edição, às 18h.

O óleo foi visto na Serra nos dias 15 e 16 de novembro, mas apenas nas praias de Jacaraípe e Costabela. Segundo a secretária de Meio Ambiente, Áurea Galvão, 1,1kg do material oleoso misturado à areia, algas e a outros elementos naturais foi recolhido nos dois dias. Não houve interdição das praias para banho.

 

 

Comentários

Mais notícias

Ribanceira com risco de desabar tira o sono de moradores na Serra

O problema é antigo, mas continua sem nenhuma solução. Uma ribanceira do bairro José de Anchieta II, na Serra, tem tirado o sono dos...

Contarato é vítima de Fake News sobre estar na Colômbia e diz que vai processar responsáveis

Está circulando nas redes sociais um boato da qual diz que o senador Fabiano Contarato (Rede) durante este período de chuvas, estaria na Colômbia...

Quer emprego? Empresas abrem 261 vagas de trabalho na Serra

Os moradores que estão a procura de uma oportunidade de trabalho podem comemorar. Isso porque diversas empresas abriram 261 vagas de emprego. Todas as...

Deputado aponta omissão e cobra ajuda das grandes empresas na tragédia das chuvas no ES

Na última segunda-feira (27) os deputados se reuniram em sessão extraordinária para aprovar projetos que vão auxiliar as vítimas das fortes chuvas a recomeçarem...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!
Precisa falar com o Tempo Novo? Envie sua mensagem