22.3 C
Serra
quinta-feira, 28 de Maio de 2020

O que propõe Bolsonaro e Haddad para valorizar a cultura popular

Leia também

Indústria cobra e Estado diz que está liberando crédito para empresas

Nesta quinta-feira (28) a Federação das Indústrias do Espírito Santo (Findes) divulgou carta aberta em que cobra o governo...

Queima de pneus todos os dias incomoda moradores de bairro da Serra

Na região de Feu Rosa e uma parte de Portal de Jacaraípe a reclamação é a fumaça gerada pela...

Covid-19 também provoca epidemia de desemprego na Serra

Locomotiva econômica e município de maior população do ES, a Serra é a cidade com mais demissões nesta pandemia...
Gabriel Almeidahttps://www.portaltemponovo.com.br/
Morador da Serra, Gabriel Almeida é repórter do Tempo Novo há mais de quatro anos. Atualmente, o jornalista escreve para diversas editorias do portal.

No dia 28 de outubro acontece o segundo turno das eleições presidenciais e a editoria de Cultura e Lazer do jornal Tempo Novo separou as propostas para valorização da cultura popular dos dois candidatos.  As propostas foram tiradas dos planos de governo de Fernando Haddad (PT) e Jair Bolsonaro (PSL) entregues ao TSE e também de declarações públicas.   

Fernando Haddad

O programa de governo fala em investir em políticas setoriais com programas que apoiem e atendam desde os agentes das culturas tradicionais, populares e regionais, até os realizadores da cultura digital. Fortalecer a Funarte, em articulação com estados e municípios, tomando para a música, teatro, dança, circo e artes visuais o exemplo positivo da política do audiovisual. Fala também em ampliar recursos do Ministério da Cultura .  

Jair Bolsonaro

O candidato do PSL não tem projeto para a área da cultura citado em seu programa de governo. Mas em declaração à imprensa após o incêndio no Museu Nacional no Rio de Janeiro, falou em reformular a Lei Roanet “promover e estimular a regionalização da produção cultural e artística brasileira”. Na mesma oportunidade defendeu a extinção do Ministério da Cultura. 

 

Comentários

Mais notícias

Queima de pneus todos os dias incomoda moradores de bairro da Serra

Na região de Feu Rosa e uma parte de Portal de Jacaraípe a reclamação é a fumaça gerada pela insistente queima de pneus que...

Covid-19 também provoca epidemia de desemprego na Serra

Locomotiva econômica e município de maior população do ES, a Serra é a cidade com mais demissões nesta pandemia de coronavírus. Em abril, 5.605...

VOCÊ TAMBÉM PODE LER

CONTEÚDO PATROCINADO

Comentários
close-link
close-link
CLIQUE AQUI e receba as principais noticias sobre o coronavírus na Serra e no ES pelo seu WhatsApp
error: Não copie! Compartilhe o conteúdo!